Home » Futebol » Menos, bem menos…

Menos, bem menos…

É impressionante como as pessoas vão do céu ao inferno em 90 minutos no futebol. Muricy, gênio da imprensa anti-Luxa e de parte da torcida (principalmente organizada), é questionado novamente. Agora, por perder pro Corinthians o Paulistão. Alguns defendem como verdadeiras paquitas, outros criticam pelo calor do jogo, outros perseguem.

Nenhum deles está certo. As coisas tem que ser avaliadas como um todo. E como já escrevi aqui 200 vezes, o Muricy é um grande treinador, mas tem defeitos pra cacete como todos, o que infelizmente são quase censurados por ele e parte da torcida.

Não é porque ele perdeu que tem que cair ou algo do tipo. Tem que reavaliar algumas coisas, isso sim. Talvez, seja hora da torcida do SPFC apenas ampliar os horizontes e não só focar em título de pontos corridos (que insisto ser 80% merito do clube) e bater no bracinho por ser são-paulino.

Muricy é bom técnico, isso é indiscutivel!

As coisas que tem que ser avaliadas são menores do que “a competencia” do cara.

Por exemplo: Vale a pena jogar esse futebol covarde o ano inteiro?

Vale a pena insistir sempre nas mesmas jogadas?

O que ele tem contra laterais direitos? Porque o SPFC já contratou 20 e ele não conseguiu usar nenhum? O único que usou, foi ordem do Juvenal pra poder vender: Ilsinho.

Porque ser marketeiro pra dizer que “no meu time ninguem da palpite” se o Juvenal constantemente muda alguma coisa? Porque isso se você, Muricy, disse que ia priorizar a Libertadores? Foi você quem mudou de idéia de repente ou será que escalaram pra você na colombia? Em um dos casos, houve “mentira”. Isso é claro.

Será que não dá pro SPFC ter 2 laterais avançando já que tem 3 zagueiros?

Será que sempre vamos depender das bolas levantadas pros grandões brigarem na frente?

Porque o talento é sempre desprezado em troca da força física?

São coisas que o são-paulino, mesmo fã do Muricy, tem que pensar.

Ele erra tanto quanto acerta. Mas, no futebol, ou só se enxerga os erros ou os acertos. É tudo muito radical.

Muricy chegou ao SPFC em 2006. Com o time campeão do mundo conseguiu jogar boas partidas no Paulistão, fez uma Libertadores sofrida e perdeu pra um time melhor que o dele, ao meu ver. Como perdeu em 2008 também para alguém melhor que ele, tanto no Paulista (Quando o Palmeiras tinha Henrique e Valdivia), quanto na Libertadores, com o ótimo Flu.

Mas, é incontestável que dos 14 campeonatos que disputou, ganhou 3. Tá ótimo, mas é fato que os 3 são pontos corridos. Os outros 11, perdeu todas. Há sim uma incompetencia até aqui em mata-mata. O que não cabe quando se abre o Lance! e o técnico diz numa entrevista: “Eu sou muito bom em mata-mata”. Mentira! Não é nào.

Pode vir a ser. Mas não é ainda.

Muricy é um cara que precisa ser mais humilde, aceitar que nem tudo que ele faz é correto. Questionam tantos técnicos por arrogancia e teimosia, e o Muricy raramente cai nessa critica. Deveria, porque é hoje o mais arrogante dos treinadores do país.

Menos, sãopaulinada… Nem pro céu, nem pro inferno. Foi só mais uma eliminação em mata-mata, o que convenhamos, já deveriam estar acostumados.

abs,
RicaPerrone

Comentários