São 4 jogos chave. Goiás, CSA, Avaí e Ceará. Os 4 no Maracanã, 3 derrotas por 1×0 e um empate em 1×1.

Você pode imaginar que sejam números de um time que não consegue jogar futebol e por isso está flertando cada dia mais seriamente com a série B.  Mas tem coisas no futebol que são tão apaixonantes quanto inacreditáveis.

Hoje foram 26 chutes a gol. Talvez lhe pareça um acaso.

Nos jogos citados somam-se 97 finalizações, um gol. Eu vou repetir. Talvez não esteja claro o quão absurdo é esse número: 97.

Time que joga mal não finaliza muito, é quase regra de leitura. Os objetivos do jogo passam fundamentalmente por criar oportunidades de marcar gols e sofrer poucas contra si.

Ao mesmo tempo que finalizou 97 vezes, teve 29 contra. Ou seja, houve domínio, chances e poucas ameaças proporcionalmente às investidas.

Falamos de 11 pontos. Sem contar jogos contra grandes onde também merecia maior sorte. Contra meu SPFC, por exemplo.

É comum jogar bem e perder, tanto quanto jogar mal e ganhar. Incomum é repetir esse resultado diversas vezes.

Não é treinador, nem falta de qualidade. Ali já virou confiança. Se preferir, até “macumba”. Poucas vezes eu vi um time repetir tantas jogadas próximas do gol adversário e não conseguir colocar no gol.  Talvez eu nunca tenha visto.

Só tem uma coisa pela frente pior pro Fluminense do que os gols perdidos: a tabela.  O que hoje é um drama deve piorar. Vem aí Palmeiras e Fortaleza fora. Corinthians, Santos e Internacional.

E eu nem sei o que sugerir. O técnico já mudou. A diretoria também. E agora?

RicaPerrone

Compartilhe!
This error message is only visible to WordPress admins

Error: Access Token for ricaperrone is not valid or has expired. Feed will not update.

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.