O que aconteceu ontem em Brasília no jogo do Flamengo é uma loucura.  Mas uma loucura exposta para que repensemos nosso nível de radicalismo e senso de importância das redes sociais.

No estádio a óbvia reação do povo ao ver um presidente eleito por ele em começo de mandato é aplaudi-lo. E no estádio a reação foi de festa ao ver o presidente da republica sendo simpático ao Flamengo e colocando a camisa.

Note que ele não está em campanha. Então não tem “lado” em clube ou qualquer instituição que se relacione como representante maior da nossa nação.  Isso seria um absurdo em setembro de 2018. Em junho de 2019 é algo comum e bastante inteligente por parte de qualquer empresa do país.

Entendam a diferença de candidato a presidente.  Candidato não se apoia, presidente você respeita e quer/precisa ter bom relacionamento.  Ele está lá eleito, não colocado a força.

Enfim.

A parte mais impressionante disso tudo é, de novo, a diferença entre a vida real e a rede social. No instagram do Flamengo você tem a nítida sensação que o Brasil é um pais petista que odeia o Bolsonaro. No estádio, vida real, você acha que ele é a figura mais popular do país.

Não temos dúvida sobre em qual mundo acreditar. Mas temos que repensar a importância dada as redes sociais na medida em que números e mais números nas mais diversas áreas comprovam sua não capacidade de refletir as maiorias.

Os programas de maior comentário na rede social dão as vezes 3 pontos. As vezes 1. O mundo real está vendo outra coisa, só que não está comentando em tempo real com celular na mão.

20% da população brasileira tem um twitter.  Por mais que seja uma amostra, é uma amostra nichada de uma classe social específica com hábitos específicos e interesses comuns.

Não há nada de errado no que fez o Flamengo ontem em dar a sua camisa ao presidente da república. E nem o presidente ao ser simpático com o esporte mais popular do país e aceitando colocar a camisa do clube.

O que há de errado é a loucura em volta de algo tão comum, aceitável e compreensível. Porque pra muita gente nesse país a vida tem bateria, os amigos tem nick e a verdade tem hashtag.

Mas não tem.

RicaPerrone

Compartilhe!
This error message is only visible to WordPress admins

Error: Access Token for ricaperrone is not valid or has expired. Feed will not update.

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.