Home » Futebol » Clubes » Corinthians » Loucos!

Loucos!

O Boca Jrs. jurava que, ao fazer sua catimba, aquele quase futebol escroto argentino e sair, de novo, classificado com ajuda do apito, calaria o Pacaembu.

Para sua surpresa, e só sua, os que deviam chorar cantaram. Sem caixas de som e nem uma musica no piloto automático o tempo todo como é em sua caixa de bombons. Mas como torcedores de fato que explodem pro bem ou pro mal dependendo do dia.

Se uma briga finalizasse a partida era dela que falaríamos a semana toda, não do jogo. Como o contrário aconteceu, manterei o critério.

O corre-corre lá fora? Olha a roupa… não eram os loucos. Eram os mesmos “normais” de sempre. Aqueles que quando rivais sao “a torcida do”, quando nossa é apenas “meia duzia de marginais”. Lembra?

Aprenderam a ganhar a Libertadores e hoje, com muitos motivos para se revoltar contra uma arbitragem absurda, mostraram que também aprenderam a perde-la.

A bola que entra a favor também entra contra, mesmo sem querer. E o apito equivocado que gera alucinações coletivas insinuando mil esquemas também apita contra, calando os maus perdedores.

Todos ganham, perdem, roubam e são roubados. Apenas alguns em raríssimos momentos podem perder ao som de seu hino. Podem ver o juiz apitar e não ter um buraco de infiéis que já se foram, mas a arquibancada cheia de gente ali esperando só pra te dizer, cantando, que “eu nunca vou te abandonar”.

Eles cairam junto, subiram, ganharam tudo, e hoje perderam junto com o Corinthians.

São mesmo meio malucos. E não temos remédio para indicar.

Sua loucura contagia até mesmo quem te odeia. Pois é invejável enlouquecer feliz e assim permanecer inclusive na dor.

O Corinthians está fora, levando os rivais a loucura.

E cantam, não felizes, mas ainda orgulhosos. Porque são loucos. Loucos por ti, Corinthians.

abs,

RicaPerrone

Comentários