Palmeiras

Indecentes

Vou resumir rapidamente o que penso sobre a troca de treinadores antes de entrar onde quero de fato.  O Roger é um treinador que faz seu time ter posicionamento, toque de bola e padrão. E nenhum tesão pela vitória.

O Felipão é o contra-ponto. Métodos não tão atuais, mas é o cara que mete o time em campo babando pela vitória. A troca é de estilo, de conceito. Mais do que qualquer outra coisa.

Aí vem a segunda questão: O Felipão anunciado, a reação de parte da mídia e consequentemente de torcedores.

Você pode não gostar do Felipão. Pode achar sua contratação uma merda. Mas não pode, por decência, amor ao que faz e respeito as conquistas alheias, jamais desmerecer ou debochar de Luis Felipe Scolari.

É um dos maiores da história. Um nome notável no futebol mundial, com derrotas como todos os demais, mas com vitórias que quase nenhum dos demais.

Menosprezar e fazer piada com Felipão é a prova de que o erro e o desrespeito tosco da imprensa que acha que sabe tudo com Zagallo não mudou.  Trocaram o Zagallo. Mas não as mentes arrogantes e os perfis estúpidos de microfone nas mãos que se acham no direito de mensprezar um sujeito como Felipão.

Se o Palmeiras erra ou acerta, vamos ver com o tempo. Quem com certeza erra é quem trata um patrimonio do futebol brasileiro com chacota ou a tentativa frustrada de desmerecer um campeão do mundo milionário do alto de sua mediocridade jornalística.

Bem vindo, Felipão! Sempre.

abs,
RicaPerrone

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar