Home » Futebol » Clubes » São Paulo » Hora de cozinhar

Hora de cozinhar

Por diversas vezes chamei Muricy de “cozinheiro de comida congelada”.  Desde 2006 vejo assumir times prontos e manter a curto prazo, piorando aos poucos até não sustentar mais seu futebol mediocre.

Porque no SPFC ficou 3 anos? Porque pegou apenas um campeão do mundo nas mãos e é justo sempre lembrar que todos os anos, em julho, a campanha “fora Muricy” era enorme.

Ficou por “teimosia” do Juvenal. E venceu 3 campeonatos de pontos corridos.

Competente. Sem discussão.  Os métodos, discutiveis. Covardes, dignos de time pequeno.

Bem a calhar. Afinal, o que mais precisa um time em crise? Jogar como um pequeno pra somar pontos. Se pensou assim, pensou certo o SPFC.

Muricy não prepara um prato há muito tempo. Desta vez, com ingredientes, poderá preparar. E então saberemos se é um especialista em manter a quentinha por mais tempo ou se pode servir um jantar.

Não gosto do trabalho dele. Acho mediocre. Mas respeito o que ele tem. O que o SPFC busca hoje é resultado, e pra isso ele é bom.

Mas sem nunca esquecer que Muricy é parte relevante da descaracterização que o SPFC sofreu para chegar onde chegou, adotando uma postura covarde e um futebol que jamais representou o clube.

“Mas ganhava! Foda-se”.

Então. Juvenal também ganhava.

abs,
RicaPerrone