Quando surgiu o VAR eu comentei aqui que ele seria maravilhoso mas carregaria com ele um perigo enorme: a validação do roubo.

No imaginário do torcedor o “roubo” acontece, e na mesma mente ele é interpretado como “erro” para que o sujeito consiga coerentemente continuar vivendo futebol todo santo dia. Ninguém curte e acompanha algo que acha ser uma farsa.

O VAR valida o “roubo” na cabeça do torcedor. Um erro brutal, como o absurdo de Dedé contra o Boca, e diversos torcedores passam a não acreditar mais no esporte em si.

Hoje o VAR cometeu um erro e mudou o resultado de um jogo. O Fluminense fez 1×0, gol legal, e com ajuda do vídeo que sequer foi sugerido pelo time que sofreu o gol de tão claro que foi a legalidade do lance, o juiz anulou.

Em seguida nervos a flor da pele, uma falta discutível e um gol de falta. A estréia do Fluminense, que não jogou bem, levaria paz ao clube. Levou vaias.

O VAR não pode errar. Ele é uma vacina contra o erro que se aplicada de forma errada mata o futebol e não o erro.

RicaPerrone

Compartilhe!
This error message is only visible to WordPress admins

Error: Access Token for ricaperrone is not valid or has expired. Feed will not update.

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.