Feliz daquele que viu os mundiais entre clubes sulamericanos e europeus em igualdade de condições. Seja num jogo de ida e volta, seja no Japão. Feliz de quem venceu e até de quem perdeu, pois naquele época o jogo não se tratava de uma tentativa de zebra mas sim de um duelo de forças.

A FIFA sabe que o Mundial de Clubes perde relevância ano a ano na medida em que os times principais da Europa destoam lá mesmo, imagine no cenário mundial. A unica coisa que aconteceu com o Mundial de Clubes desde que ela assumiu foi piorar.

Ao invés de ajudar a reequilibrar um futebol mundial que passou de 40 clubes grandes pra 5, está preocupada em ir ao twitter provocar o Santos de Pelé, o Flamengo de Zico, o SPFC de Raí e tantos outros que fizeram a história do futebol para promover seu mundial em dezembro.

O corintiano nada tem com isso, vai usar a gafe pra debochar dos amigos. É justo. Mas a FIFA, que de futebol entende bem pouco, não precisa fingir que não sabe quem são os campeões do mundo para promover seu torneio de fim de ano.

Quem ignora os mundiais do Pelé não pode melhorar o futebol do Modric melhor do mundo.

RicaPerrone

Compartilhe!