Home » Futebol » Falta brilho

Falta brilho

left Tenho lido muito torcedor do SPFC me perguntar “porque voce acha que o titulo do SP seria menos saboroso do que o de outros?”, numa duvida superficial ao que questionei no podcast do Urublog. Então, a estes, a explicação.

Não acho injusto alguem ganhar campeonato de pontos corridos. Não dá pra ser injusto, salvo algum erro grotesco de arbitragem que defina algo num jogo muito decisivo, sei la. Portanto, o SP mereceu seus ultimos 3 titulos. Jamais discuti isso.

O que discuto, e cabe não apenas ao SP, é a falta do brilho, da ousadia.

Existem diversos especialistas que palestram em empresas que insistem nisso sempre: Trabalho bem feito não é apenas aquele que dá um resultado esperado. O bem feito é aquele que dá um resultado surpreendente tambem. E o SP, ha 3 anos, parece ter sentado em cima de um cardeninho de regras e achado que tá tudo bem.

E está mesmo, afinal, dentre os diversos torneios que disputa, o Brasileirao ele ganha. Não curiosamente por ser o unico de pontos corridos.

A idéia que faço do SPFC campeão 2009, por exemplo, é a seguinte:

Grandes partidas?  Aquelas que o torcedor vai contar pro filho daqui 10 anos…

Não tem.

O grande craque do titulo?^

Não tem.

Uma historia fantastica pra contar, como a reação de 2008 por exemplo?

Não tem.

Um poster que você terá na sua parede orgulhoso daquele time?

Dificilmente. Não é um time empolgante.

E, por mais que a maioria troque qualquer coisa por um caneco, eu não troco.  Sabe, não ha uma historia diferente pra se contar, um jogo epico pra se lembrar, um craque pra exaltar. É um time muito frio, empresarial quase.

Tem quem adore isso, e eu respeito. Mas, tambem tem quem odeie, e é valido.

Conheço centenas de tricolores. Ouço, pela primeira vez, de muitos deles que o titulo, se não vier, não tem problema. Porque não estão empolgados com o que foi feito. Exatamente essa falta de “historico” que o rotulo levaria.

É regular, é competente, é isso, aquilo. Ja cansei de elogiar e explicar os motivos da supremacia nos pontos corridos. Mas… falta tempero.

Simplesmente porque futebol não é e nunca será uma ciencia exata onde se ganha ou perde. Existe muito mais do que isso atrás daqueles 11 caras correndo atrás da bola.

Vou exemplificar:

O Cruzeiro, se campeão, vai contar a historia da Libertadores perdida, uma recuperação fantastica no segundo turno e um futebol imprevisivel, cheio de vitorias pouco provaveis e derrotas idem. Gols bonitos, etc. É uma historia.

O Flamengo, se campeão, vai contar da recuperação, do show da torcida, da volta do PET por grana que deu certo, os gols olimpicos, o drama do mineirao, a vitoria no palestra, a artilharia do Adriano e a revelacao de garotos. Alem do titulo vir apos muitos anos.

Idem pro Galo, que mesmo jogando pouca bola, teria a historia da lideranca que perdeu, a retomada, a artilharia, algumas boas partidas, a media espetacular de publico e a otima campanha inicial. Alem de esperar isso ha anos.

O Palmeiras teria um grande jogador, uma campanha que merecia destaque, ate chegar o Muricy e vir aquele futebolzinho murcho. Acabou o sonho, virou só resultado.

O SP ia contar o que? Que ganhou de novo, sem brilhar, sem revelar alguem fora de serie, sem jogar bem, sem encher estadio, sem grandes partidas, tendo perdido duas pro Atletico, nao tendo vencido o Palmeiras e o Flamengo no campeonato, ou seja, ganhou pela regularidade, pelo planejamento, não pelo brilhantismo de ter feito algo extra.

Dá pra pegar o que sinto falta?

Falta o algo a mais. Aquele que sobrou em 2005, quando o time criou varias historias pra contar durante o ano, quando os gols vinham de todo lado, Cicinho, Junior, Danilo, os dribles do Amoroso, os gols do Luizao, aquele futebol valente e ao mesmo tempo ofensivo.

A garra do Lugano, o sofrimento contra o River, a final no Beira-Rio, o drama do Grafite. Entende? A historia pra contar.

O SPFC pode, e até é favorito de novo, ganhar o Brasileiro. Mas, como em 2008, será aquele titulo faltando alguma coisa. E isso tem virado uma rotina no clube, que com razão se vangloria dos canecos, mas tambem com razao causa uma certa irritacao nos outros, pois ganha sem muito argumento em campo. Os argumentos ficam mais fora do que dentro dele.

Ficarei feliz com o SP campeão, se acontecer. Mas eu sinto muita falta disso.

Aquele time de 2005 não me sai da cabeça e tem um carinho gigante do torcedor, coisa que os times que vieram depois, mesmo ganhando, nao tem. Simpatia, etc. Mas nao tem aquele poster na parede do quarto.

Não sao idolos, entende?

Nâo quero show não. Quero apenas uma boa historia pra contar pros meus filhos, como as de 86, 91, 2005…

Falta correr risco.

abs,
RicaPerrone

Comentários