Home » Futebol » Clubes » São Paulo » Entender, perdoar, aprovar

Entender, perdoar, aprovar

Eu sei fazer contas. Entendo, portanto, que o SPFC precise fazer pontos a qualquer custo.  O perdôo, então pela atuação quase ridícula que gerou uma vitória fantástica. Mas não aprovo.  Nem hoje, nem nunca.

Entendo que seja fundamental se fechar e tentar não tomar gols. Juro que compreendo que Muricy, coitado, teve 2 treinos e não tem nada que possa fazer além de fechar o time.

Mas nem é isso. Ganso, Jadson, Osvaldo e Luis Fabiano. Onde que esse time está tão fechado? Não vejo culpa nenhuma no treinador por meia semana de trabalho, nem grandes méritos.

O Vasco foi tentar o que não sabe fazer. Não tem qualidade técnica e ao meu ver também não tem um grande treinador.  Mas tentou.  É candidato a rebaixamento pelo time ruim que tem. Não por postura.

O jogo não disse nada além de explicar em passes e chutes a situação dos dois clubes.  O vencedor? O que acertou uma cabeçada ou o que não teve uma falha determinante do goleiro.

Não faria diferença alguma a qualquer avaliação do jogo se fosse 2×0 ao contrário.

Detalhes.

Hoje, absolutamente relevantes. Que separam a zona de rebaixamento da zona de conforto.

O talentoso time que não tenta contra o limitado time que correu o risco de errar.

E errou.

Entendo. Perdôo, mas não aprovo.

E quem se importa?  3 pontos e, literalmente, nada mais.

abs,
RicaPerrone