Home » Futebol » Clubes » Grêmio » Em pé, gremista!

Em pé, gremista!

As vezes a Batalha dos Aflitos tem outro protagonista e nem é nos Aflitos. As vezes a história nos reserva o papel de coadjuvante numa grande vitória alheia.

O Grêmio está fora da final que foi dele por muito tempo.

Bressan é o vilão mais óbvio, mas minutos antes o herói Cebolinha havia perdido um gol tão absurdo quanto o pênalti cometido.

O gol deles bateu na mão. Mas nem a tv viu na hora. E também se tivesse visto não sei se anularia, porque este sim estava num movimento natural próximo ao corpo.

São 2 anos de glórias incontestáveis, baixos investimentos, um time sem estrelas compradas e todas as reposições feitas em casa.

São jogos e mais jogos para a história do clube, abraços e lágrimas para sempre na vida de cada gremista. O que esse time fez foi história.

Quando perdeu foi quase sendo herói, e não entregando o ouro. Sem Leo Moura, Luan, Everton o time já não tão qualificado assim pelos nomes e que não contrata reforços caros eliminava o River contra toda a lógica do mundo.

E então aconteceu.

Poderia ter acontecido aos 15 do primeiro tempo. Mas para ser uma história incrível alguém tem que perder. E hoje o Grêmio é pano de fundo da história que o River escreveu aqui.

Que não façam vilões, que não contestem ou desmereçam esse trabalho memorável de 2 anos que ainda tem pela frente uma disputa de vaga na Libertadores de 2019.

Engole o choro, levanta a cabeça que sábado tem jogo. Esse time não merece que você vire as costas pra ele.

Até porque, até o dia 28 ainda dá pra cantar… “Gremio, Grêmio, nós somos campeões da América!”.

abs,
RicaPerrone