Home » Futebol » Campeonatos » Copa do Mundo » “Eles” imploram, “ela” revida

“Eles” imploram, “ela” revida

Fim da paz. O que era “Império do Amor”, “time de guerreiros” e “orgulho da nação”, em 4 meses, virou “time sem vergonha”.  Fatos são fatos, e brigar com eles não ajuda muito.

Merecem as vaias? Nesta intensidade? O time merece a vaga? Vamos por partes.

O Flamengo na Libertadores 2010 foi muito bem nos 2 primeiros jogos, médio no terceiro, medonho nos outros 3. Hoje, pra mim, a pior atuação de todas, mesmo vencendo. O time achou gols, sofreu 2 gols absurdos, marcou mal, atacou perdidamente, correu quando quis e implorou pra ficar fora.

Aliás, há alguns jogos o Flamengo implora pra perder. As vezes consegue.

O time não tem nenhum equilibrio tático, os jogadores parecem claramente incomodados com alguma coisa e não há “reunião” e “pacto” que resolva. A coisa está feia, muito feia.

Não concordo com a torcida mandar um jogador “tomar no cu” no fim do jogo, mesmo que ele esteja jogando nada, pois ha 4 meses ele era “jesus cristo”. Pode vaiar, mas não exagera. O Adriano tem crédito na Gávea e sou da tese de que crédito existe pra ser respeitado, não só pra dizer que tem.

Vaia, mas não precisa disso tudo.

Entendo, porém, que é revoltante ver um time destes se matando pra ganhar do Caracas, que é mediocre. Entendo, também, que uma torcida como a do Flamengo tem créditos para cobrar do time mais do que a maioria das outras.

Mas também entendo que houve uma dose de exagero.

Acho que independente da classificação amanhã, o Flamengo tem um problema terrível pra resolver. Perdeu hoje seu maior aliado, seu melhor jogador. E se passar, não o terá com a mesma força, pois ele está desconfiado.

Se passar, pega o Corinthians. Se pegar, do jeito que jogou hoje, apanha. E feio.

Tem que rezar para amanhã passar. Se passar, tem 1 semana pra resolver tudo que está errado, e não é pouca coisa.

A situação do Flamengo não é nada confortável, nem mesmo otimista. Dificil imaginar que o time vá passar a jogar bola em 1 semana, principalmente pelo que tem apresentado.

A defesa é um absurdo. Os jogadores marcam a 3 metros do adversário. Todos os jogadores do outro time param, pensam, dominam e depois recebem combate. Não dá pra jogar Libertadores assim.

O ataque tem um cara se matando, Love, e o outro se arrastando, Adriano.

O meio não consegue prender a bola, os volantes não sabem se protegem a zaga ou se cobrem laterais.

Uma zona, é este o termo.

Culpa do Andrade, do Adriano, do Pet, do Bruno, seja lá de quem for, o time está muito longe de ser competitivo. Não pelo papel, mas pela prática.

Se amanhã cair na Libertadores, é merecido. Pediu, implorou.

Se passar, por ser Flamengo, talvez haja uma chance.

Mas, do jeito que anda jogando, não ganha coletivo contra 11 cones.

Passar de fase é um mero detalhe diante dos problemas que o Flamengo apresentou em campo hoje.

Agora é rezar, esperar e tentar ver as providencias, que acho urgentes, classificado ou não.

Um time grande, com este elenco, não pode jogar assim.

abs,
RicaPerrone

Comentários