Home » Futebol » É possível parar o Santos?

É possível parar o Santos?

A pergunta que não quer calar começa a ser respondida no domingo. Santos e São Paulo se enfrentam no Morumbi pela primeira partida semifinal do Paulistão 2010. O favorito? O Santos, pelo simples fato de jogar por 2 empates.

Mas, favorito e clássico são duas palavras que não costumam andar juntas. Portanto, não há nenhuma zebra possível.

O SPFC joga futebol há 7 dias. O Santos, há 3 mes4es. O Santos é um time de garotos, o SP um time pra lá de experiente. Isso pode pesar na decisão, sem dúvida.

Existe uma forma de enfrentar o Santos. Agredi-lo.

Contra este time, ou tenta explorar seu lado fraco, que é a defesa, ou perderá o jogo.

Tentar deixar o Santos agredir e se defender é suicidio, e espero que o SPFC saiba disso.

Assim como ir pra cima do SPFC e partir pro jogo franco é perigoso, pois a defesa do SP é muito forte.

Um dos dois terá que mudar sua postura pra ganhar este jogo, pois duvido muito que o Santos vá com tudo pra dentro, menos ainda que o SPFC vá abrir mão de jogar mais no contra-ataque.

Marcar Ganso, Robinho e Neymar não é exatamente uma opção. Você pode querer, tentar, mas não necessariamente vai conseguir.

É muito mais fácil fazer gols na defesa do Santos do que impedir os gols do ataque do Santos. Portanto, diz a lógica, o único jeito de dar certo é peitar e jogar em cima. Na base do “quem faz mais”, que foi o Palmeiras x Santos.

Pelo lado do Peixe, não vai ser muito fácil imaginar que Arouca e este time ofensivo consiga parar o meio-campo novo do Tricolor. Até ontem eram 4 volantes no time. Hoje, são 2 meias. Muda, e muito, a postura e o “encaixe” dos dois times.

Há 1 mes, o Santos venceria o SPFC com alguma facilidade. Agora, contra um time de 2 meias, 2 jogadores rápidos na frente, a coisa fica bem diferente. Não dá pra ficar em cima e deixar a natureza cuidar.

Espero, apesar de duvidar, que ambos entrem em campo com a postura que a torcida espera de um time grande. Que nenhum deles faça a palhaçada de enfiar 10 caras atrás da bola para achar um gol e se classificar.

Não é jogo de pequeno contra grande, e isso não cabe.

Achava o SP favorito ao Paulistão até a chegada do Robinho. Desde então, o favorito é o Santos.

Mas, campeão é aquele que ganha do vice. E se o Santos quer merecer a taça, terá que bater o novo SP. O antigo já foi, e iria 9 vezes se jogassem 10 partidas.

O atual, é agora.

Lembrem-se: Campeão ganha do vice, do terceiro e do quarto. O resto é pontos corridos, campeonato de calculadora e não de futebol.

Jogaço! É o que espero.

abs,
RicaPerrone

Comentários