Faz tempo que não falo de F-1, né? Pois é, nem paciência pra isso eu tenho tido. Mas, enfim, hoje acordei pra ver que mecânico é mais rápido, não o piloto. O final do GP da Alemanha mostrou, de novo, como já estouraram a barra de tanto forçar pra ver equilibrio na F-1.

É irritante ver o quanto as pessoas acreditam no que estão assistindo mesmo notando que aquilo deixou de ser uma corrida pra virar um circo.

O conceito é simples: São carros de corrida, todos rápidos, com X voltas, uma pista, quem chegar primeiro ganha.

Aí eles enjoaram. Resolveram que não dava mais pra ser assim porque a competência extrema de alguns incomodava. Não havia disputa, alguns eram muito melhores.

Então vamos punir a competência.

“Ferrari, Schumacher… vocês estão andando muito. Vamos mudar regras pra ver se encostam em vocês!”

Se a FIA cuidasse do Brasileirão, hoje, ela tiraria o Corinthians de 2 rodadas… só pra “dar graça”.

Aí inventam novidade de motor, pneu, aerodinamica, boxes, pits, tamanho da cueca, manda passar creminho no rosto, etc. Pronto! Fizemos uma categoria com tanta regra extra que virou gincana!

Pra vencer é preciso: Carro, piloto,  equipe.

Não. Agora é preciso sorte!

Como fazer pra deixar emocionante? Eu dou vantagem (artificial) pra quem está atrás! Logo, ele passa o da frente.

Eu faço um jogo de pneus cheio da firula que pode obrigar alguém a parar no fim e mudar um GP.

O que eu ganho com isso? Eu embolo a corrida.

É a nascarização da F-1.

Nascar = Categoria americana onde 200 carros correm numa pista que cabem 20. O que vai acontecer? Ultrapassagem, confusão, batidas e cada GP ganha um…

Isso é equilibrio? Ou é circo?

Equilibrio era o Senna e o Prost se matando por uma posição, mesmo na mesma equipe.

Isso aí que eles inventaram é showzinho de norte-americano versão internacional.

Hoje a regra obrigou que a emocionante disputa de pista entre Vettel e Massa fosse para os boxes na última volta.

E há quem diga: “Mas tá emocionante!”.

Bom… a série B do Brasileirão também é.

Desde quando equilibrio significa qualidade?

Avaí e Atlético GO fariam um jogo equilibrado.

E…?

abs,
RicaPerrone