Acho Corinthians e Grêmio os times mais bem treinados do país. Os que tem jogada ofensiva além de uma defesa e bola parada. Os que trocam passes conscientes, os que não dependem meramente da capacidade do jogador brasileiro pra marcar gols.

Tite, já consagrado, e Roger, ainda no começo. Mas claramente os dois times mais organizados e modernos do país.  Enfim, se enfrentaram. E o que tiramos desse jogo?

Mais de 1000 passes trocados, com mais de 80% de índice de acerto.

Apenas 2 impedimentos. Ambos do Grêmio.

30 chutes a gol. 15 de cada lado.

21 assistências pra finalizações.

13 faltas em 90 minutos.

Talvez a distância entre um jogo aclamado europeu por velocidade, intensidade e poucas faltas não seja algo tão distante. Basta ter em mente que também é preciso treinar o time com a bola nos pés e não apenas para “não levar gols” e seja o que Deus quiser quando a bola voltar pra nós.

É isso que Tite e Roger fazem de diferente. Intensidade, passes curtos e times dispostos a atacar coletivamente e não dependendo apenas do talento individual de alguém.

O diferencial dos dois times é o material humano. O Corinthians tem muito mais time que o Grêmio, o que deixa ainda mais claro o quanto é bom o trabalho do Roger.

Mas ontem, na Arena Corinthians, quem pagou pra ver futebol teve seu dinheiro bem gasto.

abs,
RicaPerrone

Compartilhe!
This error message is only visible to WordPress admins

Error: Access Token for ricaperrone is not valid or has expired. Feed will not update.

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.