Home » Futebol » Clubes » Cruzeiro » Desfalcado e perdido

Desfalcado e perdido

O Cruzeiro tem sim um bom time. Vive muito do talento e da velocidade de alguns jogadores, pois não é um time que se vira bem sem alguns titulares. Ano passado a torcida encheu o saco do Adilson. Hoje não dá pra reclamar muito…

O Cruzeiro mudava o time toda hora em 2008. Este ano formou 11 titulares e uma dependencia brutal de algumas jogadas. É lance individual, contra ataque e chute de fora da área. 

Normal terminar o jogo com 20 finalizções. O problema é o nível delas. 

Wagner e Fabricio chutam de onde dá. E a maioria das bolas não dá.

Sem Ramirez o time perde versatilidade no meio. Você sabe onde fica cada um, a coisa facilita pra quem marca. Athirson poderia ser um cara a cadenciar esse jogo, mas se machucou. O Thiago idem, e o Cruzeiro sentiu muita falta deles.

Com Kleber expulso, ao que me pareceu de forma injusta, a dependencia em cima de Wellington Paulista é complicada.

O time completo é durissimo de marcar. Com um ou dois desfalques fica previsivel, perde a caracteristica principal, que é o talento, o drible, a jogada rapida.

Este Cruzeiro de hoje não passa do SPFC. Tem que jogar muito mais do que isso.

E o Inter, mistão, mostra qualidade. Não entra pra dar show, mas tem um toque de bola e uma marcação no ataque muito interessante.

A bola não precisa chegar na área pro  time pegar. Começa la na frente, o que ajuda a contra-atacar e força o adversário a sair jogando errado.

Lider com folga em relação aos maiores rivais nesse campeonato. E com meritos, porque jogar com time misto  e ser invicto em 5 rodadas não é pouca coisa.

Esse Brasileirão tem um favorito e se chama Inter. Em seguida, milesimos de segundo atrás, vem SPFC, Palmeiras, Flamengo, Gremio, Cruzeiro e alguma surpresa.

Esperava muito mais do Cruzeiro hoje. Mostrou que não compensa bem algumas perdas.

abs,
RicaPerrone 

Comentários