Home » Futebol » Clubes » São Paulo » Delicioso vacilo

Delicioso vacilo

É pra deixar qualquer um puto da vida, convenhamos. Com mais time, uma atuação de campeão na maior parte do jogo, completo domínio e mais de 4 chances claras de gol pra resolver a parada, sair com um 1×1 é de tirar do sério.

E tirou.

Num show de irresponsáveis finalizações erradas o Tricolor transformou um jogo fácil num pequeno problema. Pequeno, pois mesmo errando mostrou ser muito superior, capaz de golear com um pingo de pontaria e atenção.

Osvaldo em dia de Éder Luis, Luis Fabiano e sua “sindrome do pânico” em decisões.  Não, nem vou focar nisso, é um risco delicioso cornetar centroavante antes do jogo de volta, ainda mais sabendo que é jogo pra 4×0 e nestes casos Luis Fabiano costuma fazer 3.

Interessante é terminar um jogo irritado por saber que é melhor.  Se fosse um 0x0 sem graça, duro, chato, feio, sufocado, nem irritado ficaria o sãopaulino.  Como jogou bem, deixou claro que estará na final sem que haja um acaso muito grande, a frustração não doi, só dá argumento pra reclamar.

E reclamar do time, desde que torcedor dele, é um direito irrefutável de qualquer cidadão. Que graça teria sair de lá com os possíveis 4×0 tão ensaiados e não concretizados?

Como que encomendado, o SPFC entrou em campo pra atropelar, correu, brecou em cima, sabe-se lá porque.

Está vivo o Universidad, enquanto o Tricolor dá ré pra desta vez passar por cima. (Sim, o “dá ré” pra falar do SPFC é foda. Mas … foda-se)

Com carinha de “irritado” vamos pra cama dormir pensando no que poderia ter sido. Sabendo que, lá no fundo, adoramos o que de fato aconteceu.

Torcedor quer sofrer, outra classificação como a anterior não daria motivos para pensar, mesmo que por um momento: “Agora complicou”.

Momento este que faz parte de toda grande conquista.

Não complicou, nem dá pra temer o pior. Mas vamos fingir que dá por uma semana.

A falsa humildade de quem sabe ser superior é a mais deliciosa sensação de arrogância.

abs,
RicaPerrone

Comentários