Home » Futebol » Clubes » Fluminense » Decepção gerando euforia

Decepção gerando euforia

Eu posso tentar dizer pra você, torcedor tricolor, que seu Fluzão não foi tudo o que voce esperava com os titulares. Posso ousar diminuir sua euforia e insinuar que suas perspectivas são maiores do que os fatos.

Posso colocar Deco e Fred na condição de eternos contundidos, Rafael Moura num caneludo qualquer, Edinho e aquela defesa meia-boca em seu devido lugar. Mas nada disso fará com que você pare de sentar sozinho, fechar os olhos e imaginar aquela máquina tocando de primeira com Deco, Thiago, Fred e Sobis.

O jogo de hoje poderia servir de argumento, mesmo que tosco, para alguém vir dizer que “não é tudo isso”. Mas não ia adiantar pois você sabe que é.

Mesmo o mais apaixonado rubro-negro, na sua intimidade, tem medo deste Flu.  E mesmo o mais chato tricolor, quando isolado do mundo, também admite as condiçoes que este elenco tem de fazer algo especial.

Hoje o pessimista encheu o peito pra dizer: “Ta vendo? Não dá com essa zaga. O Edinho é brincadeira, o lateral não cruza, bla bla bla bla…”

Dirão que falta isso, falta aquilo, como se o Fluminense tivesse a obrigação de ter o time perfeito.

Falta, vai faltar sempre. E é bom que falte, pois se não faltar você não tem do que reclamar na segunda-feira no boteco.

O jogo de hoje serviu pra muita gente ver que o caminho é longo e que as coisas “não são bem assim”.

Pra outros, como eu, serviu pra dizer que “além do timaço que todos conhecem… os caras ainda tem banco!”.

Eu não vou te enganar, torcedor do Flu.

Pode sonhar alto. Teu time tá foda…

abs,
RicaPerrone

Comentários