Home » Futebol » Clubes » São Paulo » Dá pra sonhar

Dá pra sonhar

O Tricolor 2012 começa o ano com o torcedor dividido. Enquanto muitos falam em título, volta a Libertadores e boas perspectivas, outros reclamam da falta de reforços, considerando o elenco fraco.

Discordo destes, acho que o São Paulo está fazendo apostas na medida certa e tendo uma dose de garantias através de boas peças. Rogério, Fabricio, Jadson e Luis Fabiano são pilares razoáveis para um time que tem garotos subindo e promessas no elenco.

Se conhecemos Leão, ao meu ver a única peça detestável do elenco, teremos um SPFC com 3 volantes ou com Cícero um pouco mais recuado, pois como Jadson e Lucas atuam pela direita, Cortês deve ser a grande opcão pelo outro lado. Assim sendo, alguém tem que ficar.

Caso Leão tenha mais cautela ainda, pode colocar o Denílson e usar 3 volantes, deixando o time meio “capenga”, dependendo demais de uma enfiada do Jadson ou de uma corrida do Lucas.

 

Vejo, revejo e não consigo achar que Jadson, Lucas, Luis Fabiano e Cicero formem um time “meia boca”. Acho que a corneta está pesada em virtude da megalomania da diretoria, que enfiou na cabeça dos caras que o SPFC precisa ganhar tudo todo ano. Caindo na real, sabendo que essa lei se aplica a 12 clubes e não só ao Tricolor, fica mais fácil avaliar.

Jadson é um grande jogador, deve ajudar muito. É craque? O 10 tipo Raí? Não, claro que não. Mas, ajuda.

Mas como todo mes de janeiro passa pelo sonho do que pode ter e a realidade do que tem o clube, vou ser bonzinho com os sonhadores tricolores e ponderar uma alternativa com apenas uma dose, não tão distante, de sonho.

Se Nilmar chegar ao Morumbi, esquecendo seu joelho, o time ficaria bastante interessante e equilibrado.

Seja como for, gosto da idéia e não faço previsões ruins pro Tricolor em 2012. Com Leão, não farei nada muito bom, afinal, sabemos, a tendência é que ele caia em 3 meses. Mas após isso, imagino que funcione legal.

Pode não funcionar? Pode. Mas se falharem Jadson, Lucas e Cortês não será culpa da diretoria. Hoje são boas nomes, não dá pra condenar as investidas. Se não vingar, é do jogo. Mas o Tricolor montou um time competitivo e razoavelmente “novo”.

Só de ver o São Paulo com 2 bons meias, 2 bons atacantes, buscando um terceiro e não com 8 zagueiros de qualidade e mais 4 volantes já sinto um clube mais dentro de sua filosofia.

O que, diga-se, já me agrada mais do que qualquer resultado.

Quem joga de contra-ataque e bola parada é time pequeno. Convenhamos, não é o caso.

abs,
RicaPerrone

 

Comentários