Essa deve ser a frase feita mais fácil de vender pra um torcedor de futebol. Nos 23 anos que trabalho com isso notei que pra todo torcedor, em qualquer conquista, em qualquer campeonato, você pode vender pra ele essa idéia que ele compra em 10 segundos.

A mídia é contra, o juiz só rouba contra nós, a cbf quer dar o título pra não sei quem e, apesar disso tudo, eu ganhei. Viu como meu time é foda?

Semana passada o Flamengo se via massacrado pela CBF. Hoje colorados juram que o Flamengo é o protegido da entidade. Amanhã será o Palmeiras, o Vasco, tanto faz.

Mudam os anos, os torneios, e a incompetência brutal administrativa do futebol brasileiro – que passa pelo seu clube seja ele qual for – consegue validar sua idoneidade com erros distribuídos em cotas.

O penalti pro Flamengo? Eu não daria. Achei que ele deu vantagem e o Gabigol usou a vantagem pra finalizar. Mas aceito tranquilamente a idéia de que o lance num todo foi faltoso.

O colorado, óbvio, acha que foi um assalto. O rubro-negro acha que devia expulsar mais um.

Guerrero, o novo Dalessandro, resolveu surtar após um penalti não marcado. E foi.

O problema é que toda semana o jogo inverte. O palmeirense se achava injustiçado, convocaram vários rubro-negros.

Semana que vem será outra reação em massa da vitima da vez.

Todo torcedor no Brasil jura que seu time é perseguido, que a mídia prefere o rival, que a CBF quer te prejudicar e que vivem lutando contra tudo e todos, o que o faz diferente.

Diferença são as cores. O resto, muda só a data e os argumentos pra sustentar o combustivel mais velho do futebol.

Na falta de inimigos vencíveis, criamos os nossos.

RicaPerrone

Compartilhe!
This error message is only visible to WordPress admins

Error: Access Token for ricaperrone is not valid or has expired. Feed will not update.

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.