Minha dúvida é forte.  Exalto a conquista do garoto, discordo dela e pareço me opor a sua convocação ou tento imaginar que num surto anormal alguém nesse manicômio chamado internet vai ler antes de tentar adivinhar o que eu digo e gerar uma reação em cadeia?

Bom, vamos partir da boa fé misturada com a pureza quase idiota.

Seleção tem um significado pra cada, logo não há uma regra. Pra alguns é um time onde “os melhores no momento jogam”. Pra mim é um atestado de excelência onde você não discute e nem aposta em quem está sendo levado. É o prêmio maior. O topo.

Vinicius Junior joga para cacete. Será um craque, torço por ele e sou fã desde que surgiu.  Mas sabe aquela nossa velha discussão do porque jogador de futebol faz muita bobagem na vida? Então…

Aos 16, rico. Aos 17, vendido sem ser testado. Aos 18 estréia, vira titular e 2 meses depois está no topo do topo da carreira.

Eu acho que ele vai merecer tudo isso. Mas entende como nós não colaboramos para que as coisas sejam valorizadas, conquistadas e depois não sejam jogadas fora com tanta facilidade?

O que foi preciso pra vestir a maior camisa do mundo? Não se firmar no Flamengo (nem teve tempo), fazer 10 jogos de titular no Real Madrid e no dia anterior a convocação ter feito boa partida mas perdido 3 gols que resultaram na derrota avassaladora pro maior rival em casa.

Acredite: eu adoro o Vinicius Jr.

Mas olha a facilidade com que esse garoto está chegando ao topo. Olha o quanto “ir a seleção” é desvalorizado pela própria seleção. Veja como nós criamos um cenário onde naturalmente ele não vai entender o valor real das coisas porque todo processo lhe foi cortado pela metade.

Ele tem zero culpa. Só tem os méritos. Mas será vítima de um sistema de ejaculação precoce em busca de ídolos, venda de camisas e um fato novo.

Robinhos, Ronaldinhos, Adrianos, tanta gente. Jogadores que nunca precisaram carregar uma mala, trocar uma lâmpada e que obviamente em algum momento da vida se perdem entre o que tem, o que são, o que ter como ambição e a busca pela sua identidade.

Moleque, eu espero que você seja o herói do hexa, do hepta e do octa. Mas eu esperaria um pouco mais. Não de você. Mas por você.

RicaPerrone

Compartilhe!
  • 2.2K
    Shares