Para vencer um japonês em alguma coisa você tem que errar menos que ele e deixar o talento e o improviso resolverem a questão. Se for previsível a vitória deles, dificilmente eles não vencerão.

Não era. Mas se tornou.

Com 3 minutos, 1×0, um jogador expulso e a Colômbia tendo que furar o bloqueio japonês dando espaço para o contra-ataque rápido deles.

Era quase um sonho para eles. E acabou terminando assim. Mesmo com o empate no golaço de falta, o Japão tinha todas as condições pra vencer e venceu.

Se convenceu?

Não. Nada demais. Diria até que mantenho a convicção de que a Colômbia venceria o jogo em condições normais.  Mas também não é um time que cause suspiros. Aliás, ninguém neste grupo causa muita coisa.

abs,
RicaPerrone