Que clássico é clássico todo mundo sabe. Que quem não faz leva, idem.  Só ficamos esperando pra saber em cada clássico quem não fará e acabará levando.

Hoje, como contra o Flamengo, o Vasco teve a chance de vencer. Perdeu gols incríveis, faltou confiança, sobrou competência do outro lado.  Empate justo, fruto de uma dose de malandragem e outra da diferença brutal de qualidade técnica no ataque.

O Vasco sabia que era só entrar forte que o Flu tiraria o pé. E entrou. Sem violência, mas deu uma assustada no Tricolor, que tem muito mais o que fazer na quarta-feira, logo, não iria se arriscar por “bobagem”.

Fez 1×0, teve a chance de ampliar e matar. De novo, não matou.

E aí os clichês deitam e rolam. Quem não faz toma, clássico é clássico, cuidado.

Dê 10 bolas ao Eder Luis e reze para que uma delas vire um gol. Dê 2 pro Fred, uma ele resolve.

Resolveu.

Empate justo, talvez nem pelo volume de jogo, pelas chances, mas pela incrível capacidade do Vasco em não resolver o jogo e do Flu em resolver quase sempre.

Clássico é clássico.  E vice-versa.

abs,
RicaPerrone

Compartilhe!
This error message is only visible to WordPress admins

Error: Access Token for ricaperrone is not valid or has expired. Feed will not update.

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.