Category Archives: Vasco

Order By
Category
Format
standard
image
video
quote
audio
pluto

“Tem que respeitar meu tamborim”

Rubro-negro “não entende”. Entende, sim. Só finge que não. A euforia do Vasco é vosso atestado de competência, ora pois.  Divirta-se com ele. E o jogo de hoje é a redenção de uma torcida, uma lição e um alerta. Vascaíno está cagando pro ponto. Ele está eufórico pela identidade. O favoritismo dado ao Flamengo hoje...Read

Impressionante

Se imagine Luxemburgo. Por um momento analise sua vida e carreira, se coloque no lugar do treinador do Vasco, e imagine como seria o natal na sua casa. O que seus pais achariam de você, o quanto você fez e tem pra contar. Siga imaginando ter dirigido gigantes, Real Madrid, seleção, mudado a profissão e...Read

Feio é jogar de abadá

Uma vez eu fiz uma sugestão a uma integradora de operadoras de celular que inicialmente empolgou o chefe. Em seguida ele fez um projetinho pra apresentar, e na terceira etapa tentou levar um por fora.  Pulei fora. Nunca andou. O projeto era em algo simples: Cada telefone celular neste país deve estar atrelado a um...Read

“Você é louco!”

Tenho um amigo muito vascaíno. Mas é muito. Não, não é o que você está imaginando. É um pouco mais do que isso. Seu nome é Marcelo Vital. Muita gente o conhece no Rio de Janeiro, ele promove eventos muito bons. Enfim. Numa noite dessas qualquer sentado num bar da Olegário ele me diz as...Read

Talles, o jogador brasileiro

É cedo. Todo jovem pode se perder e até tende a isso num país onde a enorme maioria não teve uma estrutura que o preparasse pra algo tão grandioso. Na verdade eu mesmo não acredito nisso. Só escrevo por ser a forma mais educada de dizer o que de fato penso. Então vá lá. Não...Read

VAR: Raniel merecia expulsão?

  A imagem é de um jogador cometendo uma imprudência, no máximo. Ele não vê o jogador do Vasco, está olhando pra bola e portanto é óbvio que não há agressão.  Ainda recua a perna quando vê que vai atingir o vascaíno. Se não há agressão, não deve haver o VAR. E constatando em 50...Read

Vasco, 121

Vice é um prefixo que indica a função de suplente. E suplente é aquele que substitui, aquele que supre a falta de outro. Vice, portanto, pode ser aquele que, na falta de alguém, preenche o vazio. Aquele que espera sua vez e, quando chamado, lá está. Sem ser chamado, se meteu no futebol. Sem substituir...Read

Os limites do VAR

Não vou entrar no mérito do resultado “alterado” pelo VAR. Eu discordo da discussão ir nessa direção porque há quem considere falta e jogada de origem, então se torna interpretativo. O que não me parece interpretativo é a falta de uma regra para situações assim. Quanto antes você pode achar um lance? 5 segundos? 10?...Read

Mais que 3 pontos

Tem vitórias e vitórias. Algumas te dão 3 pontos, outras te dão até vaias. Algumas delas te dão esperança. Vitórias como a do Vasco ontem dão sentido ao clube. Costumo dizer que é melhor brigar pra não cair do que passar o ano no meio da tabela. O clube existe para fazer parte do dia...Read

No lucro

Não acho que o Vasco tenha jogado mal. Embora o que ele veja hoje como “melhora” ainda seja bem distante do aceitável pra um clube desse tamanho. Mas também não vou entrar na pilha dos chutes a gol pra dizer que o resultado foi injusto. Injusto foi o pênalti não marcado pro Botafogo. Sem VAR,...Read

Sidão não é só vítima

Voltemos ao gramado. A discussão sobre a Globo, a enquete e todo o resto já se tornou tão óbvia que até a própria emissora pediu desculpas e em seguida fez uso da cagada pra pautar seus programas com seus próprios funcionários analisando o caso. Vamos ao campo. Sidão é vítima de ser massacrado após o...Read

Nunca serviu pra nada

As emissoras, marcas e agências tem uma tendência simplista de ir na direção do que parece moda e ignorar os fatores individuais de cada produto. “É live!” então vamos fazer live. “É interatividade”, então mete o povo pra participar de tudo. Eu costumo usar o exemplo da Copa de 2018 que aconteceu comigo. Foi um...Read

Uma chance a quem não precisa

Eu não suporto essa coisa de criar certezas sobre os motivos pessoais de alguém que você não conhece. Basta ligar a tv ou entrar numa rede social e é um festival de “ele perdeu o foco”, “o pai do Neymar atrapalha”, entre outros palpites bastante pessoais de quem nunca chegou perto dos julgados. Enfim, blá,...Read