O Santos que nada jogava agora consegue, ao menos, resultados. Se ainda passa longe de ser um time de bom futebol e algum favoritismo a títulos, pelo menos já tem uma proposta de jogo e uma noção mais clara de suas limitações.

Não posso achar bom um time desse tamanho jogar uma partida de Libertadores sem dar um chute a gol. Mas posso ver alguma coisa nesse time que há 1 mes tomaria 2×0 lá e também não chutaria no gol provavelmente.

O time argentino é bem comum. Mas o discurso não é determinante quando o do Santos hoje também é. E é.

Um jogo de camisas, de muita pegada e pouco futebol de ambos os lados. Mas é evidente que a volta no Pacaembu dá ao Santos uma possibilidade maior de classificação.

E assim sendo, o resultado na Argentina é bom. O futebol não. Mas o resultado, sem dúvidas.

abs,
RicaPerrone