Home » Futebol » As opções

As opções

Dunga, conforme disse no post anterior, nào tem nas mãos uma geração de craques pra resolver a Copa. Tem, como muitos, um grande time. O que torna a competição mais igual. Mas, como a listinha de nomes é discutivel, vamos a ela.

As vezes interpretar texto é algo complicado. E quando digo que Gerrard e Lampard podem desequilibrar juntos não estou dizendo que um deles é melhor que o Kaká, mas sim que 2 meias talentosos pode diferenciar algo sobre um time com um meia só com alguma característica técnica mais qualificada.

Enfim, Dunga tem nomes e mais nomes. Eu tenho os meus. E se eu esquecer alguem, ajudem.

Goleiros:
Julio Cesar, Victor, Marcos e só. Sendo que o Marcão seria mais pro Grupo do que pra jogar.

Lateras direitos:
Maicon e Daniel Alves. Bons laterais, mas sem reserva no momento. Se um machucar, ele terá que caçar.

Laterais esquerdo:
André Santos, Marcelo, F. Aurelio e só. Nenhum deles é brilhante e nem sequer tem vaga garantida.

Zagueiros:
Lucio, Juan, Alex Silva, Luizão, Thiago Silva, Miranda e Alex. Tá sobrando.

Volantes:
Ibson, Hernanes, Ramires, Lucas, Josué. Não tem o carrapato. O primeiro volante que fica mais.

Meias:
Kaká, Diego, Alex, Elano, J. Batista, Diego Souza. Convenhamos, os mais técnicos são Alex e Diego, que estão fora da lista ha algum tempo. Não é um meio campo fraco, mas não é brilhante.

Atacantes:
Luis Fabiano, Ronaldo, Adriano, Nilmar. Se o Ronaldo estiver em forma, temos um craque. Se não, temos um belo ataque. Mas nada que sobre pros rivais.

Ou seja, se não ficou claro no post abaixo, me refiro a um grande time mas sem diferenciais gritantes sobre os rivais.

É diferente se jogar uma bola no Zico, no Ronaldinho do Barcelona, no Socrates, no Romario, no Ronaldo e no Diego Souza, no Elano, no Luis Fabiano. A chance de resolver sozinho é bem menor, isso é claro.

Temos bons nomes, sempre teremos. Mas não temos sobrando. Em algumas posicões até faltam peças.

O Brasil vai a Copa pra brigar de igual pra igual, e não com sobras como em outras vezes.

Na ultima tinha Ronaldinho, Kaka, Robinho, Ronaldo, Adriano… tudo em condições de jogar. Em tese.

Na pratica, alguns acima do peso, outros fugindo do jogo, e um treinador covarde.

2010 será uma Copa diferente. O conjunto pesará muito forte, porque a qualidade individual está nivelada.

abs,
RicaPerrone

Comentários