Home » Futebol » Clubes » Flamengo » Aposta ou descarta?

Aposta ou descarta?

Todos querem discutir a estréia do Flamengo no estadual.  Eu prefiro ignorar a maior parte do que vi, até porque o time não é esse ainda, assim como o estadual não testa ninguém além dos clássicos.

Quero falar do assunto do dia: Deivid.  Tiraram o centroavante pra vilão só porque apareceram 2 desconhecidos fazendo gols em times mediocres. Calma lá!

O Deivid tá mal? Tá, ninguém está discutindo isso.

Mas daí a querer desprezar o jogador ou pedir que ele saia do clube em virtude de uma meia-temporada ruim ao lado de um time inteiro que foi mal, acho sacanagem.

Ah, mas ele foi mal contra o Volta Redonda. E daí?

Você tem no elenco uma realidade simples.  Basta saber o que fazer com ela.

Deivid é um jogador de alto nível e foi muito bem em todos os clubes que passou.  Tem 31 anos, portanto, ainda tem o que jogar. Fatalmente não esqueceu como joga bola.

Tendo um atacante deste nível no elenco, você escolhe:

a) Deixa ele jogar a porcaria do estadual e pegar ritmo, confiança e entrosamento numa tentativa de fazê-lo render.

b) Tira o cara do time agora, deixa ele encostado, desmotivado, pressionado e quando precisar de alguém diferenciado num jogo realmente importante, espere que o Vander seja a solução.

Qual é mais garantido?

Pode dar errado.  Mas a postura do Luxemburgo em mantê-lo no time titular é absolutamente normal, inteligente e lógica.

Se por qualquer motivo o Deivid não conseguir vingar no Flamengo, não terá sido por falta de visão de quem o trouxe, pois o produto era muito bom. Se veio estragado… não dava pra saber pela embalagem.

Acho muito fácil torcedor e comentarista dar aval pra reforço e depois ficar pisoteando o clube quando dá errado. Se você também teria contratado, a diretoria/comissão não tem culpa.

Apostar no Deivid é uma chance razoável de ter retorno, vide os últimos 10 anos de carreira do sujeito.

Se isso não o credencia a ter mais chances no time titular e o imediatismo de alguns em cima de 2 gols contra times mediocres passa por cima, aí cabe ao treinador ser mais inteligente que estes e mantê-lo.

Deivid terá seu limite, como todos. Mas este limite não será em 2 ou 3 rodadas do estadual após 10 anos de bela carreira e 3 ou 4 meses de um Flamengo que não jogou nada no semestre.

Calma. A única coisa que vão conseguir fazer pressionando o cara deste jeito é ajudar a matar mais cedo a chance dele se reerguer.

Não vale muito a pena.

abs,
RicaPerrone

Comentários