Por mais teimosa que seja a matemática, neste caso ela ainda sobrevive sobre a praticidade dos fatos.

O São Paulo venceu o Palmeiras e negou ao Cruzeiro o título, ao Verdão o alívio.

Uma atuação de força e oportunismo. Sendo pressionado no segundo tempo mas com uma diferença de qualidade técnica entre os dois times que chega a ficar desagradável chamar de “clássico”.

Mas era. E com o 2×0 o São Paulo mantém 4 pontos atrás do Cruzeiro, que joga quinta contra o Grêmio lá, jogo que considero o mais difícil do returno pra eles. Em seguida, o São Paulo decide contra dois times de férias. O Cruzeiro, contra apenas um.

A tendência natural é que seja mais complicado pro time mineiro, mas ainda assim são 4 pontos e mais do que isso, o saldo, o número de vitórias, e portanto uma diferença que obrigatoriamente tem que ser de 5 pontos. Se tirar os 4 o São Paulo não ganha o campeonato.

O Palmeiras, com 39, volta a rezar. Mas relaxa, das 4 restantes, 2 de férias. Se não fizer os 6 pontos contra time que joga pra cumprir tabela é brincadeira.

É iminente o não rebaixamento do Palmeiras, tal qual o título do Cruzeiro. Mas ainda não foi dessa vez que deu pra confirmar.

abs,
RicaPerrone

Compartilhe!
This error message is only visible to WordPress admins

Error: Access Token for ricaperrone is not valid or has expired. Feed will not update.

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.