O Vasco e o Flamengo são rivais de nível superior. Não é aquela coisa tolerável, quase simpática.  E portanto qualquer atitude que una os dois clubes seria pouco imaginável, ainda que o Vasco esteja nas mãos de alguém muito melhor do que o sujeito anterior.

Ontem no Morumbi recebi essa foto e achei que era brincadeira. Até conseguir abrir meu instagram e ver que havia muita gente postando com euforia e outros poucos com contestação. Não levei mais do que 5 minutos pra separar os perfis e saber que as pessoas mais sensatas estavam felizes com o Vasco.

Também estou.  Muito.

“Não precisava”, disseram os mais fanáticos.  E é por isso que foi tão maneiro.

Não precisava mesmo.

Fizeram porque quiseram. E se quiseram entenderam que nós podemos manter toda nossa rivalidade bacana sem sermos idiotas, afinal, os anos passam para que a gente amadureça, não para que aumentemos nossas idiotices.

O caso é grave, estão todos no mesmo barco. 99% dos clubes terão problemas com bombeiros e prefeituras quando inspecionados. Tenha certeza disso. Então não é o caso de jogar um contra o outro, pois o que aconteceu no Ninho poderia ter acontecido em 99% dos outros clubes.

Falta ao futebol brasileiro alguém que pense o futebol. São dezenas de clubes puxando cada um pro seu lado e absolutamente ninguém pensando no futebol como um todo. Quando um dos enormes clubes deste país se presta a isso, aplausos e mais aplausos.

Foi gigante, Vasco. Mesmo que meia duzia de idiotas não tenha a capacidade de entender o que você fez.

RicaPerrone

Compartilhe!
  • 5.7K
    Shares