Home » Futebol » Campeonatos » Copa do Mundo » Agora sim, “furiosa”!

Agora sim, “furiosa”!

Mesmo com o placar abaixo do previsto, a Espanha mostrou qualidade, volume de jogo e um nível técnico bastante elogiável.  Sem Iniesta, o time podia cair de rendimento na criação, mas não caiu.

Claro, o adversário é fraco e teve que sair pro jogo, o que facilitou. Mas a Espanha abusou do direito de perder gols e evitou uma goleada dela mesma.

Gostei da atuação coletiva da Espanha, mas alguns jogadores mostraram algo preocupante… Pra eles, claro! rs

Uma vontade de enfeitar, hein? Notou aí também?

Toquinho de letra, de calcanhar, cheio de lero-lero, perdendo gol pra enfeitar jogada. Isso não costuma dar certo em Copa, muito menos pra mais pipoqueira das seleções européias ao longo dos anos.

Coletivamente o time chega fácil, tem ótimo volume de jogo e uma qualidade de passe acima da média. Forçou o jogo pela esquerda na saída de bola e logo invertia na conclusão da jogada, como comprova o “mapa de calor” da FIFA.

Gosto da jogada pelo meio da Espanha. Não é todo time que consegue fazer essa “sanfona” entre abrir pras laterais e retomar a jogada centralizada num mesmo ataque.  Há opção em todo campo, é interessante a forma de jogar.

Contra a Suiça não houve jogo, pois um dos times não quis jogar. Hoje sim, e mesmo com um placar pequeno e um adversário fraco, gostei do que vi.

Não fosse o preciosismo, dava pra sair de lá com um 5×0 fácil. Até pelo pênalti perdido.

Só não diria que a vaga é barbada porque o Chile é suficientemente capaz de segurar um empate. E se isso acontecer, caso a Suiça vença Honduras, pro desespero do futebol mundial, passam os reis da retranca e ficam os de bom futebol.

A chance de passar em segundo, porém, existe. Logo… olho neles!

abs,
RicaPerrone

Comentários