Atlético MGCorinthians

Acreditem: É possível!

É exagero protestar contra um time que briga por Libertadores e está bem na Copa do Brasil.  Mas não é exagero cobrar mais de um time que tem Elias, um volante fantástico.  Renato Augusto, um raro meia brasileiro que ainda joga de cabeça erguida. Guerrero, o melhor atacante grosso do país. Entre outras figuras não tão notáveis mas que podem dar a este Corinthians mais do que uma sequência de jogos sonolentos em busca do meio a zero.

O Galo joga por Tardelli. O Corinthians por Guerrero.  Tardelli tem mais recurso que Guerrero.  Mas o corintiano não tem vergonha de ser grosso. E isso faz dele tão importante quanto o atleticano.

É possível que o sonolento Corinthians dos domingos se torne outro time nas emocionantes quartas-feiras de mata-mata.  São campeonatos muito diferentes, que colocam rebaixados como campeões e campeões como eliminados.

Na Copa do Brasil ouso dizer que o Cruzeiro não é “o favorito”. Sem dúvida, “um deles”. Mas só isso.

O justo 1×0 virou um resultado incrível numa falha do goleiro Victor. Dois a zero em casa é muito bom, uma vantagem das mais confortáveis que te dá a vaga num golzinho praticamente.

Mas a medida que se tornou difícil pro Galo, também se tornou sedutor. O Mineirão que cobraria uma vaga vai tentar jogar por ela. E temos um passado recente que nos confirma que lá, quando acreditam, é ruim de duvidar.

E agora que o corintiano acredita na Copa do Brasil e o atleticano numa virada histórica, temos um jogo épico a seguir.

Que só seria mais incrível e histórico se não acontecesse. Se os times fizessem greve, não fossem a campo como protesto por perderem seus jogadores pra seleção justo numa decisão.

Mas não. Nesse sonho, nem eu acredito.

abs,
RicaPerrone

Mostrar mais

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar