Home » Futebol » A maldita vaga na Libertadores

A maldita vaga na Libertadores

Antigamente os clubes jogavam em busca de titulos. Hoje não. Eles acham que você tem que subir de nível, mesmo que isso não signifique ganhar alguma coisa na maioria dos casos. É comum, infelizmente, ver um time feliz e satisfeito com a vaga na Libertadores como se fosse um titulo. Não é, nunca foi, nunca será.

Tem valor? Tem, é claro! É uma chance de disputar e ganhar. Mas o título é sempre mais importante. Ou ser campeão da Copa do Brasil vale menos do que uma vaga na Libertadores? Alguem ai ganha a Libertadores só pensando em “vaga no mundial”?

Eu entendo futebol por lazer, jamais por obrigação ou problema. O problema é nosso, que trabalhamos com isso. Pra quem torce, tem que ser apenas diversão. E divertido é disputar titulos, ganhar, perder, etc. Essa coisa da vaga na Libertadores está passando dos limites.

Desde quando se disputa um campeonato para conseguir vaga em outro apenas? Desde quando se classificar pra um torneio maior tem o mesmo valor de um titulo?  Quer dizer que “jogar” a Libertadores vale tanto quanto ganhar uma Copa do Brasil ou Brasileiro?

Está passando dos limites essa verdadeira “loucura” pela Libertadores.

É o torneio mais importante, todos devem buscar. É óbvio. Mas daí a desmerecer os demais ou transforma-los num simples trampolim em busca da tal vaga.

Jogar a Libertadores não quer dizer muita coisa. Você nào pode abrir mão de um titulo apenas por “jogar” um torneio maior. E foi o que fez o Corinthians por exemplo este ano, e tantos outros nos anos anteriores, que se dizem absolutamente satisfeitos com o G4.

Aí cria-se uma cultura complicada e meio burra. Se valoriza demais uma competição e se transforma o resto em “resto”. O torcedor já adora argumentar com: “Mas voce tem Libertadores?”, como se isso fosse a unica coisa que importa no futebol brasileiro.

Libertadores que, diga-se, cai de nivel a cada ano. Está virando um Brasileirão com um ou dois intrometidos por ano. Sempre tem um nosso na final e uns 2 ou 3 nas semi. E assim vai ser, porque nosso futebol é cada vez menos fraco que os demais da América do Sul.

Não, eu não estou desmerecendo a Libertadores. Sei do seu valor e importancia. Mas não pode ser só isso.

Tem clube que adora dizer: “Perdemos a Libertadores”. Ora, Santo Deus!!! Agora você entra num torneio com 40 times e quando cai fora age como se tivesse perdido algo muito comum de se vencer. Não é assim. Só um ganha, os outros podem fazer bonito e não levar, faz parte.

A Copa do Brasil tem enorme valor,  assim como o Brasileirão e qualquer outro titulo. Simplesmente porque o campeão de qualquer porcaria conquistou mais do que alguem que apenas “jogou” a Libertadores. Logo, titulo é titulo, vaga é vaga.

Tá na hora de diminuir essa loucura por Libertadores e valorizar um pouco mais o que é nosso. Afinal de contas, não é na Libertadores que se encontra adversários de alto nivel, convenhamos.

O status de maior da América é o mais cobiçado. Mas o fato de disputar este titulo não vale mais do que um titulo nacional, seja ele qual for.

A vaga tem que ser um premio de consolaçào, não o premio maximo de um torneio.

Este valor está começando a ficar invertido pra alguns, infelizmente.

abs,
RicaPerrone

Comentários