Home » Futebol » A dívida dos clubes brasileiros

A dívida dos clubes brasileiros

Antes do assunto iniciar uma discussão “meio vazia” que leva os papagaios a repetirem que “aqui não sabemos fazer”, “se fossemos como os europeus”, devo abrir dizendo que o Barcelona, mega campeão de tudo, apresentou em dezembro de 2011 dívida de 940 milhões de reais. Há 4 anos não fecha um no azul.

Devo lembrar que Manchester deve perto de 1,4 bilhão de reais. Real Madrid tem dívida aproximada de 2 bilhões de reais, enquanto o poderoso Chelsea deve 1,5 bilhões de reais. Atletico de Madrid, Inter e Valencia também ultrapassam a cada de 1 bi de reais em dívidas.

Portanto, com politicos envolvidos, problemas de corrupção, compra de resultados e clubes com “donos”, algo que não aceitamos ainda aqui, além das parcerias bem menos explicáveis que Kia/Corinthians, é interessante ter esta informação antes de sair repetindo o que alguns jornalistas azedos falam pra defender os seus campeonatos europeus na grade de programação.

Com os balanços publicados em relação a 2011 e a ajuda de interpretação da Pluri Consultoria, chegamos a dívida atual dos 12 grandes do Brasil e, principalmente, quais foram so clubes que mais aumentaram a dívida desde 2005.

Notamos:

  • Um aumento bizonho do Palmeiras
  • Um surpreendente “menor endividamento” do Flamengo, Cuzeiro, Gremio e Santos em relação a maioria.
  • Um São Paulo, antes exemplo, hoje um dos que mais faz crescer a dívida.
  • Uma tendência natural a aumentar junto com o crescimento de receita dos clubes.

E pra não dizer que não falei das “flores”, vamos ao também considerável aumento de receita dos clubes brasileiros desde então.

E notamos que:

  • O valor inicial do Santos, por exemplo, não é real. Ele vendeu muito jogador em 2005.
  • Para termos uma medida mais razoável, legal ver a média entre 05/07 pra comparar com hoje.
  • Dos que de fato “menos se valorizaram” está o Botafogo e o Palmeiras, que não venderam demais.

As demais conclusões deixo pra vocês. Mas lembre-se que as receitas consideram vendas. E isso pode “melar” a conta. Mas pela média dá pra ter noção, basta olhar com calma.

abs,
RicaPerrone

Comentários