Home » Futebol » A Copa dos empresários

A Copa dos empresários

Até outro dia a Copa SP de juniores revelava jogadores, testava outros e, ali, diante dos olhos, faltando 1 semana pra começar a temporada, o técnico do time principal via alguma coisa que pudesse ajuda-lo no time de cima.

Pela ordem natural da vida, com 21 anos, o carinha estava com o corpo formado e pronto para subir ou sumir. E assim foi por muitos anos, até que a Copinha começou a dar lucro pra muita gente.

Enfiaram 24950 times para que pudessem entupir de jogadores que sequer são destes clubes. Alguns, sem divisão de base, jogam a Copinha com 20 jogadores de um ou dois empresários.

O empresário é um anexo do esporte. Quando isso se inverte, acabou o esporte.

Não é por causa do empresário que tem que ter Copa SP. É por causa da Copa SP que tem empresários. A regra virou, a coisa perdeu o sentido e o festival de jogos ridículos chegou ao seu limite.

Pior do que isso, a Copinha apenas mostra moleques de 17 anos que não vão subir agora. Não tem idade, não estão prontos. O garoto arrebenta, todos assistem, ficam 2 anos na cabeça dele chamando de “solução” pro time de cima. Aos 20, sem entender como, notam que ele virou mais um que não deu em nada.

É tao dificil assim perceber que o endeusamento precoce acaba com qualquer garoto de 16 anos?

Pra que serve a Copinha? Pra ganhar? Porque tanto jogador alto e forte armando time? Cade os camisas 10? Tào formando ou brigando por titulos inuteis?

Onde você pode aceitar um time sub 18 jogando num esquema com 3 volantes e 3 zagueiros? Qualé o sentido disso?

Simples! Você leva um time desconhecido até uma semifinal, vende os 11 pra europeu bobo que acha que todo menino é Pelé e os empresários saem felizes.

Pra eles, uma festa. Pros clubes, pro futebol, inutilidade pura.

A Copa SP deve ser um torneio que começa em dezembro e termina em 25 de janeiro. Devem jogar um minimo de 10 partidas e depois irem as finais. Sub 21, pra que o que você veja ali seja imediatamente util ao time de cima, não um feto esperando pra poder ser considerado.

Com 16 não tem muito como segurar, tem aquele problema do contrato… Com 21, o contrato ta feito. Se for bom, pode até sair, mas o clube fatura.

Pra quem é essa Copinha, afinal?

Não foi a idéia original, é claro. Mas hoje o “inha” no final cabe com perfeição.

abs,
RicaPerrone

Comentários