Home » Futebol » Clubes » Flamengo » A 40 minutos do nada

A 40 minutos do nada

Domingo, final da tarde, Maracanã. Flamengo e Fluminense se enfrentam como nos velhos tempos. Não, não é uma decisão. Nem precisa, nunca precisou. O mais tradicional, charmoso e famoso clássico do mundo ao longo da história acontece recheado daquilo que motiva o futebol: Expectativa.

Craques dos dois lados, casa cheia, os dois times em paz com a torcida, e a esperança de termos um jogaço. Assim é o Fla x Flu, diferente daqueles horríveis em épocas anteriores, com estádio vazio, longe do Maracanã e com os dois times em má fase.

Adriano, Pet, Love, Fred, Conca, e por aí vai.

Atrativo de sobra para uma fila na bilheteria e uma ida ao Maracanã.

Se Vasco e Botafogo surpreenderam pelo resultado e pela forma de disputa do jogo, o Fla Flu chama atenção por ser o primeiro jogo de estrelas na temporada. Seria junto com Palmeiras e Corinthians, talvez num mesmo patamar de expectativa. Mas Ronaldo não joga, e a coisa murcha muito sem o idolo.

No Maracanã, um duelo entre o time mais qualificado e o time mais bem montado. O Flu 2010 é o Flu 2009. Joga num padrão tático definido, todo certinho, não sofre muito susto na defesa até então.

O Flamengo usa e abusa dos talentos lá na frente, mas ainda sofre taticamente para encontrar o entrosamento de 2009. Até porque, o time ainda não entrou 100%.

Neste domingo, como em todo Fla-Flu, não tem favorito.

A única certeza que tenho é que será um grande jogo. Talvez por ser fase de grupos, talvez pela motivação do Flu, talvez pelo brilho dos craques do Fla.

Mas, aposto… será um jogaço.

Aí sim, segunda-feira, poderemos dizer: “Feliz ano novo!”.

Porque o ano só começa quando a bola rola e os grandes se encontram. Até agora, em 2010, apenas um jogo envolveu 2 grandes. Vasco e Botafogo.

Domingo tem Palmeiras x Corinthians, Gre-Nal e Fla-Flu.

Discussão de boteco pra 10 dias, até que o próximo clássico venha por aí.

abs,
RicaPerrone

Comentários