Home » Futebol » Campeonatos » Copa do Mundo » Yes, we can!

Yes, we can!

Os eslovenos pareciam prever o desastre. Mas demoraram tanto para arriscar que nem podem reclamar da sorte. Com uma bela atuação da Inglaterra, um gol épico dos EUA e uma covardia pouco justificável da Eslovênia, o grupo termina sem zebras. Passam os dois melhores times, como previsto por todos antes da Copa começar.

Os norte-americanos cresceram muito. O povo lá, dizem, anda acompanhando futebol, torcendo na Copa e apoiando a Copa lá, de novo, em 2018.

O time forçou pra cima dos argelinos, criou chances e não esperou o empate no outro jogo. Erro grotesco da Eslovênia, que ficou esperando ajuda alheia para se classificar.

Os ingleses assustaram, mas passaram. Fizeram um bom jogo, criaram diversas chances, se defenderam bem e pecaram na finalização.  Mas, enfim, a Inglaterra estreou na Copa.

É um belo time, um candidato ao caneco. Estava devendo, não está mais.

Sensacional foi o fim do grupo. Poucas vezes vi algo tão emocionante.

A Eslovênia resolve sair da toca e fica 5 minutos pressionando a Inglaterra, que prende o jogo. Os EUA pressionam, mas segue 0x0 com a  Argélia.

Quando o juiz apita o fim do jogo da Eslovênia, imediatamente os norte-americanos fazem o gol contra a Argélia. Castigo divino a covardia. Apostaram demais na sorte, e ela não veio.

Classificam os 2 melhores times do grupo. Não na ordem certa, mas na ordem justa pelo que foi apresentado em 3 jogos.

abs,
RicaPerrone