Home » Futebol » Clubes » Flamengo » Voltando a realidade

Voltando a realidade

Esse é o Mengão que a gente conhece! Ganhar do Botafogo com este time? Nem pensar! 1×0. Ganhar fora do Atlético-GO com este time? Dificil… 1×0.  Agora, em casa, contra o Avaí, embalado… moleza! 1×1.

De fato o que aconteceu na volta do Brasileirão tinha uma dose de “sonho”. O Flamengo faz 6 pontos onde achou que não faria 3. Merecido, jogou bem até pelo que tem pra por em campo.

Um time sem atacantes não pode jogar bem. A bola não fica na frente, e se não fica, não tem troca de passes, jogadas trabalhadas, etc. Assim, sabendo, o Flamengo foi pelo resultado. E os conseguiu.

Hoje, após fazer um bom primeiro tempo, surpreendente até, fez 1×0 e voltou com medo de perder.

Rogério, péssimo treinador do clube, faz mudanças que nem ele deve saber explicar. Desde que assumiu vive da vontade do time, pois seus erros são claros, gritantes, desesperados.

Recuou, viu o Pet cansar, não mexeu, foi recuando, perdendo força até sofrer o gol. Quando sofreu, tinha um cara cansado, um atacante só e outro estreando no Maracanã. Isso com 2 volantes em campo e sem poder mais mexer.

Pra que Rômulo e Camacho? Onde vai recuando o time assim? Quem acha que 1×0 tá bom normalmente vai pra casa com um 1×1.

Assim aconteceu.

Mesmo com as boas atuações de Léo, Willians e Juan, a dedicação do time, a vitória não veio.

Não falta correria. É o que tem, e a qualidade na frente é nula. Um gol achado é lucro, mas administrar o lucro sem tentar ampliá-lo é suicidio.

Resultado justo, e até bom.

Assim o Flamengo não se ilude achando que este time é suficiente pra brigar por algo mais.

Falta 1 zagueiro e 2 atacantes. Aí sim, é time pra brigar.

Este é pra “quebrar galho” esperando reforços.

abs,
RicaPerrone