Home » Futebol » Clubes » Flamengo » Vale?

Vale?

Diego apareceu como craque, seguiu carreira como grande jogador, trocou de clube algumas vezes, nunca chegou a um “Barcelona” da vida, mas sempre esteve em bons clubes da europa.

Hoje no menorzinho deles, o tal de Wolfsburg, tem vontade de voltar. É claro, natural, a camisa de um dos 12 grandes do Brasil pesa bem mais do que a atual dele.

Quer, porém, seguir ganhando alto. 1 milhão por mes, quase.

E a questão é simples: Vale a pena “perder” a camisa em troca do Diego?

Pelo que entendi a montadora entraria como patrocinador master do clube meramente por ajudar a bancar a vinda do jogador.

Repito: É tudo isso?

Diego é uma certeza a este ponto?  Vale a pena trocar 1 ano de receita na camisa por um camisa 10?

E se ele torce o joelho, por exemplo? Quem paga as contas do Fla no ano de 2013 se o patrocinador estará lá?

Ele não tem 30% do nome do Seedorf, nem 20% do de Ronaldinho, por exemplo. Como “mídia”, é bem inferior a ambos. Pode custar mais do que os dois, sendo empréstimo ainda por cima?

Claro que hoje os 25 da camisa não são tanto assim, ja que a tv paga 100.  Mas trocar essa camisa por um jogador, honestamente, teria que jogar um pouco mais que o nosso Diego.

Sei que o torcedor quer duas coisas: Craques e resultados. Mas sei também que ele é o primeiro a vir chorar quando o clube apresenta dívidas.

Até onde sabemos, através de balancos oficiais aprovados inclusive pela oposicao do clube, a administração da Patricia não tem funcionado em campo mas tem funcionado fora dele.

As dividas sendo quitadas, e o Flamengo, sem patrocinador, é um dos clubes que menos aumentou a dívida nos ultimos anos, segundo dados oficiais dos 12 maiores clubes do país.

Entre erros e acertos, acho um enorme acerto deixar o futebol pra quem conhece. Mas aí entrará a óbvia condição de lidar com alucinados.

Se ganhar, foi o Zinho. Se perder, “que absurdo vender a camisa em troca de um Diego!”.

Resultado esconde tudo, determina qualquer valor e por isso, se fosse o Flamengo, pensaria muito antes de fazer este acordo.

Ele e Adriano, em 80% do seu potencial, resolvem um título.  Mas e aí?

O que o caneco de 2009 deixou pro Flamengo?

Não existe caridade. Tudo tem um preço e tem que ser pago uma hora. O preço para ter Diego me parece alto.

Se é pra gastar 500 e perder a camisa, talvez seja “menos arriscado” dar 350 pro Riquelme e ter a camisa ainda a venda.

Assim, se a bola entrar, você vende a camisa por mais 20. Se não entrar, só está pagando 350.

Diego pode até valer 1 milhão por mes. O que com certeza ele não vale é a camisa do Flamengo inteira.

abs,
RicaPerrone