Home » Futebol » Clubes » São Paulo » Vai e vem: São Paulo

Vai e vem: São Paulo

O Tricolor tem, fechado, 5 saidas, 5 chegadas. Entre os que saem, apenas Dagoberto fará falta, já que o Fernandinho não joga 50% do que ele joga.  Jean, que considero bom jogador, não estava sendo bem utilizado e com a chegada do Fabrício dificilmente jogaria.

Sairam: Rivaldo, Xandão, Jean, Marlos e Dagoberto.

Chegaram: Cortês, Fabrício, Maicon, Edson Silva e Paulo Miranda.

Pra um time que precisa reformular, talvez não seja muito. Quem falava em “trocar todo mundo” pra 2012 não pode apenas trocar o lateral esquerdo e o primeiro volante.. Falta alguém pra ajudar o Luis Fabiano e, principalmente, se livrar de algumas “coisinhas” que tem la.

O Leão, péssimo profissional na minha opinião, se queima sozinho. Nem precisa se preocupar, em questão de meses ele briga com alguém, se queima no grupo e roda. É rotina.

Paraiba, Cleber Santana, William José, Fernandinho, Piris, entre alguns outros, são casos que precisam ser pensados.

Serve pra banco? Não? Então, rua. Porque jogar não dá.

Pra ter guardado acho um Fernandinho muito válido. O Paraíba e o Piris idem. O Cleber Santana e o William José acho perda de tempo.

Um time que tem o elenco que o SPFC tem, com uma base esperando pra subir mais uns 2, sabendo que não disputará uma Libertadores e podendo arrumar o time com 2 ou 3 peças, tá otimo.

Falta apenas um atacante de alto nível pra ajudar o Luis Fabiano. Essa peça é fundamental.

Querem o meia, eu sei. Também acho que seria otimo. Mas Lucas e Cicero seguram. Até porque, quem é esse meia que para a bola hoje em dia? Montillo, o queridinho de todos, é um cara que corre com ela, como o Lucas. Não seria aquele 10 com pinta de Raí.

Esse cara, talvez, nem exista. É o Thiago Neves ali, um Alex na Turquia, um Roger no Cruzeiro e olhe lá.

Num geral, se reforçou bem e se “livrou” de alguns melhor ainda.

Imagino, hoje, sem testes e sem ver jogar, um SPFC com Rogério, Piris, Rodolpho, J Felipe, Cortês. Fabricio, Casemiro, Cicero e Lucas. Alguem e Luis Fabiano.

É um bom time. E com banco, o que é muito importante.

Só o técnico que me preocupa. De resto, o Tricolor está num patamar interessante entre ser competitivo sem fazer loucuras.

Ser campeão ou não é, normalmente, resolvido no detalhe. Cabe a diretoria sempre montar e dar condições do time ser protagonista. O resto é no campo.

E está feito. O São Paulo abre 2012 com um bom time.

abs,

RicaPerrone