Home » Futebol » Clubes » Corinthians » Um “jogo para sempre”

Um “jogo para sempre”

Talvez não tenhamos a exata noção do que estamos perto de ver. Talvez há muitos anos o futebol brasileiro não consiga ver 2 de seus maiores clube se enfrentando num mata-mata onde os ídolos daqueles clubes estejam presentes e não na Europa dizendo que “vão torcer”.

Talvez a gente não perceba o quanto é valioso para o nosso futebol ver a dupla de ataque titular da última Copa jogando aqui, frente a frente, diante das 2 maiores torcidas do país.

Talvez não seja tão relevante pra alguns o espetáculo em si, mas apenas o placar dele. Talvez um deles se afunde em crise com a derrota, o que nem seria tão justo, diante de um jogo tão igual.

Talvez nunca o Brasil tenha tido um jogo tão importante envolvendo tanta gente. Sim, pois Corinthians e Flamengo somam o maior número de torcedores do país, e jamais jogaram uma partida tão importante quanto esta.

Portanto, talvez, a mobilização em torno de um jogo jamais tenha sido tão ampla em número de interessados.

Custo a me lembrar, e não consigo, de um jogo recente onde tivemos frente a frente 2 jogadores de altíssimo nível no nosso futebol. Gordos, magros, seja lá como for, não me vem a cabeça um passado recente com um duelo entre nomes do tamanho de Adriano e Ronaldo.

Talvez porque a presença do Ronaldo já tenha sido banalizada, quando não deveria.

Talvez a fase de ambos não ajude, mas isso perde a importancia quanto estamos antes do jogo. Neste periodo, vale o sonho, o medo, a ansiedade, a expectativa, tão importantes ao futebol quanto o jogo em si.

Serão 2 semanas de arrepiar, de deixar os demais em paz, pois tudo será voltado para este confronto.

Pobre Flu e Grêmio, que fazem um confronto fantástico na Copa do Brasil, e que terão parte do seu destaque “roubado” pela circunstancia. O mesmo vale pra Galo x Santos.

As maiores e mais fortes torcidas do país se enfrentam, lá e cá.

Uma, puta da vida. A outra, desconfiada e cheia de expectativa.

Na quarta, nada disso mais importa. As duas vão apenas torcer, rezar e comer unha. A crise não existe, os problemas de cada clube são apagados e é isso que faz uma grande final ser o motivo maior do futebol.

O tal mata-mata, sabe? Aquele que faz nego ficar 2 semanas sonhando com um jogo, e que o pontos corridos transformou isso em raridade, logo, ainda mais valioso.

Em campo, diversos jogadores de alto nível que já vestiram ou ainda vestem camisas de seleções. Pra se ter idéia, no Corinthians tem Ronaldo, R. Carlos, Defederico e Edu, todos já selecionaveis uma vez ao menos.

No Flamengo tem Leo, Juan, Kleberson, Maldonado, Fierro, Pet, Adriano e Love, também jogadores que já vestiram camisas de seleção.

Alguns maiores, outros menores, mas todos jogadores de alguma importancia. Com uma dose cavalar de brilhantismo por envolver 3 personagens recentes da história do futebol mundial.

Não consigo dimensionar o jogo. Nem acho que alguém consiga.

As duas maiores torcidas do país e, por isso, os dois times mais importantes(*) do país fazem o jogo mais importante da história deste confronto.

Dá pra imaginar que estamos diante de um jogo comum, que fatalmente será história pra contar pros netos daqui a 30 anos.

Que seja na bola, sem violencia na galera e com todo o “auê” que o jogo merece.

Porque este merece.

abs,
RicaPerrone

* Importante é aquilo que importa pra alguem. Logo, por envolver as duas maiores torcidas, Flamengo e Corinthians são os times mais “importantes” do pais neste sentido.