Home » Futebol » Clubes » Vasco » Tropeço de cinema

Tropeço de cinema

Era uma noite comum em São Januário. Tornou-se diferente quando o Bragantino fez 2×0 aos 30 do segundo tempo e praticamente “matou” o jogo.  Dali pra frente foram 15 minutos de lamentação, muita corneta e muitas conclusões precipitadas.

É claro que o resultado é ruim. Em casa, contra o Bragantino, mesmo com 10 o Vasco é favorito. Ainda mais numa série B onde ele deveria sobrar e não consegue.

Mas há tropeços e tropeços.  Uns destroem a moral do time, outros acrescentam.

O empate desta noite, conquistado aos 46 e 49 minutos do segundo tempo, se não compensa em pontos, menos ainda numa atuação nada convincente, fez o torcedor voltar pra casa tendo uma noite inesquecível.

Futebol não é só resultado. É história pra contar.

E se daqui 10 anos te perguntarem se você preferia ter ganho este jogo de 3×0 ou presenciado este jogo notável mesmo que não vencedor, duvido que alguém queira trocar.

Valeu o ingresso.  A não ser que você tenha saído antes do fim…

abs,
RicaPerrone

Comentários