Home » + Chamada » Sistema em xeque

Sistema em xeque

Pela primeira vez desde que o futebol brasileiro foi criado, o sistema Clubes>Federações>CBF está em xeque.

Na tarde desta sexta feira, em reunião do Conselho Arbitral da FERJ, a entidade conseguiu o apoio da CBF para tentar vetar a Liga Sul Minas RJ, agradando assim Eurico Miranda e Rubinho, os principais maestros do retrocesso do futebol carioca.

Na reunião a CBF, que autoriza a Copa do Nordeste e a Copa Verde, não deu o mesmo aval à Liga. Exigindo que ela seja autorizada pelos clubes das devidas federações, ou seja, levará um “não”.

As punições pela disputa do torneio não são em multas, mas sim nas divisões de base dos clubes.  Além de impedir um progresso natural rumo as ligas, a federações ainda prejudicam o futuro do futebol do país.

A CBF, que muitos entendem como dona do futebol brasileiro, na verdade é uma representante das federações, que por sua vez representa clubes. Todo veto está relacionado ao sistema que dá aos clubes menores o poder de decidir o que quer a Federação e, portanto, se faz representado na CBF.

Ouça um trecho do discurso de Eurico Miranda na FERJ hoje  e a confirmação da punição aos clubes que disputarem a LIGA.

Flamengo e Fluminense devem jogar a LIGA mesmo sem o aval da Federação Carioca.

Para que pudesse piorar o cenário contra os “inimigos” Flamengo e Fluminense, a FERJ decretou mais uma vez que não está permitido a venda de ingressos com descontos para sócios torcedores no campeonato carioca.  Ou melhor, até pode, desde que o clube complete a renda no borderô. Ou seja…

Entende porque digo que a única saída é vender os clubes do que deixar nas mãos desses torcedores de gravata? Fossem donos hoje, sairiam da Federação e fariam a LIGA hoje a noite.  Mas “não podem”.

Lamentável.

Veja a opinião do Rica sobre a LIGA, a CBF, o Bom senso e o sistema do futebol brasileiro.

 

abs,
RicaPerrone