Home » Humor » Coisas que só acontecem com o Perrone » Sinceridade tem limite

Sinceridade tem limite

30 de dezembro de 2012, Rádio Globo, programa sobre futebol e samba. Lá estou de convidado, ao lado de Valdir Espinosa, Antonio Lopes, Aydano Andre Mota e iria também o Quinho, do Salgueiro.

Quando cheguei um locutor fazia seu programa enquanto nos ajeitavamos na mesa para o nosso, em seguida.  Fábio Azevedo me pergunta, sem má intenção:

– E ai, Rica?! Ja decorou os sambas todos?
– Já, desde que saiu o cd! Ja cansei de ouvir…
– E tá boa a safra?
– Ah… médio.  Tirando o da minha Mocidade que é uma bosta, até que….
– Então, esse aqui (apontando pro locutor que encerrava seu programa)  é o compositor da sua escola…

Silêncio.

– Ah, mas com aquele enredo era foda mesmo né? Parabéns pelo samba.

Nada pessoal, só gosto musical. rs

abs,
RicaPerrone

Mais dessas? Aqui, ó! 

Comentários