Home » Diversos » Simples assim

Simples assim

Nada é mais fácil neste país do que manipular as pessoas contra aquela que, por rótulo ou fatos, levou a fama de manipuladora.  O povo entra, repete igual papagaio e em momento algum se coloca na situação para imaginar o que faria, como faria ou, simplesmente, porque estão fazendo.

Eu não estou mais na Globo, o que me dá menos dor de cabeça na hora de opinar sobre isso.  Se você é daqueles que acha que eu defendo a Globo por algum interesse, como no caso do Luxemburgo, quero solicitar sua ida a puta que pariu.  Sim, pois se você acha que eu sou mau carater é pra lá que eu desejo que você vá.

Mas, enfim. Partindo do princípio que lê meu blog quem quer, é pra vocês que escrevo.

Muitos tem me perguntado, aliás o dia todo, sobre essa polêmica Fox, Sky, Net. Eu não vejo como polêmica, vejo como um negócio simples.

“Mas é meu direito ver a Libertadores”. Não, não é. Isso é o que a Fox está dizendo pra você na tentativa de pressionar as operadoras de tv a cabo. Mas não é “meu direito”  ver porcaria nenhuma.

O direito de transmissão é da FOX e ela sempre repassou ao Sportv. Como resolveu entrar no Brasil em 2012, o manteve e não repassou. Mas, convenhamos, é meio “ousadia”, pra não dizer outra coisa,  achar que você vai tirar a principal competição sulamericana da Sportv e achar que a Globosat vai recebe-lo de portas abertas na suas operadoras.

A Fox imaginou o que? Um tipo: “Ah, que bom! Vem aqui e me toma a audiência! Seja bem vindo!”? Óbvio que não, porque se fosse lá fora a Globo também nào seria recebida assim pela FOX se comprasse os direitos de algo que ela sempre passou.

A briga é absolutamente honesta das duas partes. A NeT e a Sky simplesmente não tem nada se não fossem os canais GloboSat. Logo, quem manda ou tem maior poder de negociação é a Globosat.

E você, caro romantico torcedor sob o argumento tosco de “onde fica o torcedor?”,  faria o que se fosse diretor de uma das empresas?

Esse papo imbecil de “o direito do torcedor” é só chororô. Eu não tenho direito algum em ver o campeonato Alagoano. E se eu quiser ver, faço o que? Xingo a Globosat porque não tem na grade?

A coisa é bem simples e quem dificulta é quem mete romantismo na frente do negócio.

Entrando a fox, concorre com o Sportv e na hora dos jogos de Libertadores deve ganhar do Sportv.  Pra entrar, passa pela Net e Sky, duas principais operadoras do país.  Para que elas aprovem, tem que negociar e sofrer um óbvio breque do lado da Globosat, que não quer o canal lá por motivos óbvios.

E essa briguinha vai terminar ou numa peitada enorme da Fox ou num acordo para que a Sportv tenha, de novo, direito sobre alguns jogos da Libertadores.

Seja lá qual for o final disso, é negócio.

Não tem ninguém monopolizando porra nenhuma. Esse papo é tosco. A Globo tem os direitos do futebol porque os clubes querem vender pra ela. Se isso é monopolio, a Fox com a Libertadores exclusiva também é?

Parem de bobagem. É só uma negociação normal onde a Globo estaria defendendo seu ibope (afinal, vive disso) e a Fox tentando jogar o povo contra as operadoras para forçar a entrada.

Se tem alguma coisa “meio errada” nisso, convenhamos, é o fato de eu montar uma estrutura, contratar gente, comprar campeonato e não ter onde passar. Né?

Primeiro a barraquinha na feira, depois os pasteis.

Ta sobrando pastel, se não tiver barraca, não vende. E quem manda agora é o pasteleiro ou o dono da feira?

Negócios. Só isso.

abs,
RicaPerrone