Home » Futebol » Sem perspectiva

Sem perspectiva

Ontem passava pelo Pacaembu e, como quase todo paulistano, nem sabia direito quem jogava e quando jogava neste começo do patético Paulistão 2011.  Vi camisas, bandeiras e perguntei. Era o Palmeiras que estreava, e eu achava que era domingo.

Resolvi entrar e assistir ao jogo com um amigo alvi-verde que lá estava. Dali, das cadeiras do Pacaembu, pude ver que, lamentavelmente, nem esperança o torcedor tem mais.

Ao invés de sonhar com um reserva ou um reforço que vem aí, os palmeirenses apenas se revoltavam e diziam: “eu não aguento mais”.

Não era uma explosão circunstancial, nem algo sem motivo. É duro passar 2 meses de um final melancolico de temporada e rever o time exatamente igual, sem nenhuma chance real de melhora por vir.

Não será o Valdívia que resolverá tudo isso. Ele é apenas um bom jogador, longe de ser o que alguns mega-fãs imaginam. Mesma situação do Kléber, que corre, briga, dá pontapé e não tem grande qualidade técnica acima da média.

São bons, indiscutível.  Mas não são os caras que vão resolver os jogos importantes pro Palmeiras sozinhos.

É preciso um time de 9 bons jogadores e 2 acima da média pra que estes se destaquem. E estes não tem os outros 9 ao lado deles.

O time é sofrível.

Não tem nenhuma qualidade ofensiva, não enxergam 2 metros a frente do nariz e todas as jogadas são forçadas na mesma situação. Poderiam dizer que é “começo de ano”, mas não é.

É o mesmo time, a mesma coisa, e nenhuma perspectiva real de melhora.

Não a toa o torcedor explodiu gritando que “não aguenta mais sofrer” no fim do jogo. E de fato, é com alguma dose de razão.

Cansa torcer pra um time tão grande que anda tendo mentalidade administrativa tão pequena.

E isso começa com o poder da voz da organizada, que não deveria ser tão forte.

Os idolatrados Kleber e Pierre podem nem encostar na bola. Os demais, tenham 18 anos ou 30, são vaiados o tempo todo.

Não vai ajudar em nada xingar o Rivaldo, improvisado, na estréia do Paulistão.

Pedir um lateral, talvez. Mas xingar o que está segurando as pontas é sacanagem.

A torcida do Palmeiras, até pela tradição de ter visto grandes times de alta técnica, é chata pra cacete. E com um time desses não dá pra não se tornar insuportável.

Essa relação piora ainda mais o que já é complicado.

Sem mudanças e reforços contundentes…. não vejo nenhuma saída para esta fase do Palmeiras.

abs,
RicaPerrone