Home » Futebol » Clubes » Cruzeiro » Segura o Cuca

Segura o Cuca

O Cruzeiro perdeu a Libertadores, começou mal o Brasileirão e já começam a soar cornetas em Belo Horizonte.  Não são poucos os torcedores que já entram naquela “onda” de achar o técnico “azarado” e por isso pedem sua cabeça.

Cuca pode até ter, de fato, algo a aprender para se consagrar. Mas jogar nas costas dele uma eliminação daquelas e um momento natural de um favorito que caiu é um exagero sem tamanho.

O Cruzeiro jogou durante alguns meses (contando o fim de 2010) um belíssimo futebol. O time amadureceu até ter uma noite infeliz. Quando teve, o mundo caiu.

Exageros e críticas justas a parte, a diretoria não pode ser torcedora.  Sabe que tem nas mãos um grande elenco, um time fortíssimo, um técnico capaz e uma equipe que, acima de tudo, “já deu liga”.

Não há o que duvidar. O Cruzeiro é um time com todos os ingredientes para dar muito certo em 2011.

É absolutamente natural que o time passe por um momento difícil após tanta euforia e um final frustrante. Acontece com todos, o Cruzeiro não está livre de reações naturais.

O rótulo de “azarado” do Cuca é brincadeirinha de torcedor e até de alguns jornalistas mas é, óbvio, só brincadeira.

Seu trabalho é muito bom, não de hoje.

Os  detalhes que ainda o separam de um grande título ainda vão mudar de lado.

O Cruzeiro tem 90% do trabalho feito e muito bem feito. Se quiser entrar na ondinha de achar que o técnico é culpado, fará uma grande bobagem.

Não porque um novo técnico não possa ser campeão com este time. Mas porque o Cuca não merece, de novo, montar o time que vai se consagrar na mão dos outros.

Deixa o cara lá. O “azarado” ainda vai virar “gênio”.

abs,
RicaPerrone