Home » Futebol » Seco pra você

Seco pra você

A rodada gerou diversas dúvidas. Li todas elas no twitter e por aqui no blog, então, vou economizar e responder num só post.

Não achei pênalti pro Vitória contra o Corinthians. Não há bola na mão, e ele está correndo normalmente. Ele não levanta a mão e nem leva ela até a bola. Ela bate, e mesmo que ele tire vantagem, sem intenção a regra diz que não há penalti. Pra mim, não foi.

O impedimento? Parece que não estava, pela camera horrível que vi uma vez só.

O Tricolor, se entregou, não fez nada de absurdo. Fez o que a regra permite, e a fórmula até SUGERE. Quem é o babaca mentiroso que vai pregar teoria aqui? Quem é que ganha um jogo que não só não lhe dá nada como ainda dá motivo pra sua torcida ser menosprezada pelo maior rival? Quem ganha um jogo que só aumenta a pressão sobre você mesmo? Vai pro diabo com a hipocrisia.

Se eu acho que entregou? Não, o termo não é esse. Ele apenas…. digamos, “não fez questão”.

Acham que “aqui se faz, aqui se paga”. Eu acho é graça. O SPFC viveu a semana mais confortável da vida dele perante sua torcida. Tava tudo ensaiado. Se ganha, “é um time de honra! Não faz igual uns e outros aí”. Se perde, “festa porque é olho por olho, dente por dente”. Ou seja, de qualquer forma o nariz terminaria empinado.

O melhor time do campeonato? Cruzeiro. Esse joga mais bola que os outros 2. Daí a ser campeão… são detalhes. Achados, roubados, conquistados. Cada um inventa sua teoria pra justificar o título alheio.

Muricy campeão de novo? Provável. E se não for, com tudo que está ganhando e com o time que tem, pode arrumar emprego em outro lugar. O que o titulo dele demonstra? Que ele é otimo? Não, não. Demonstra o mesmo que o Roth campeão da América. O futebol atual requer covardia e não ousadia. Muricy representa tudo que há de europeu no futebol brasileiro.

Lembro também a imprensa paulista que o campeão será o Flu! Não o Muricy, tá? Pois o bairrismo é tamanho que vão preferir exaltar o paulista do grupo.

E é isso.

Duvidas?

abs,
RicaPerrone