Home » + Chamada » Se chama “Florida Cup”

Se chama “Florida Cup”

É “Arena Palmeiras”, “Torneio da Flórida”, “Rio de Janeiro”  no vôlei e o nome do produto jamais é reproduzido pela principal emissora do país.  Em tempo quero deixar claro a quem pouco me conhece que passo longe de ser um desses anti-globo. Pelo contrário, sou bem fã da emissora e do que ela conseguiu se tornar.

Mas em momentos como esses eu me pergunto até onde vai a hipocrisia.  Porque é muito fácil você abrir uma mesa redonda contestando a falta de investimento no “esporte amador” e chamar o time de Vôlei pelo nome da cidade pra não citar a marca.  É fácil reclamar das vendas de jogadores do Brasil e fechar o close no dente do entrevistado pra não mostrar os patrocinadores atrás.

É muito fácil, covarde e burro.

Porque ao não fomentar um produto do qual você tem os direitos, você o minimiza e dá margem pra que outros veículos, embora insignificantes isoladamente, passem a fazer algo com resultado quando martelando coletivamente uma “verdade” na cabeça das pessoas.

Hoje tem “Torneio da Flórida”.

Porra, Globo! Torneio da Flórida? Qual é o problema em “Florida Cup”?  É mérito da marca ter criado o torneio, ter chegado a ser referência em pré temporada tão rapidamente, porque diabos não falar se és teu o direito de transmitir?

Ah mas a Globo não fala “Allianz Parque” porque estaria fazendo merchan grátis.  Meu Deus, o merchan vai reverter pro seu produto! O Palmeiras ganha mais, os clubes vendem mais, o futebol melhora, sua audiência sobe porque o produto é seu.

Chega a ser pouco inteligente em alguns casos. Mesquinho em outros.

Mas entra ano, sai ano, e esconde-se os apoiadores do esporte na tv na mesma medida em que, na derrota, reclama-se da falta de investimento, profissionalismo e evolução.

Ora, convenhamos.

abs,
RicaPerrone