Home » Campeões de audiência » Sai do chão! O Brasil é do Mengão!

Sai do chão! O Brasil é do Mengão!

left Eu pensei muito. Estou em pé desde as 5 da manhã, e quando digo em pé não me refiro a estar acordado. Me refiro a estar sem me sentar mesmo. Avião, taxi, fila, arquibancada, enfim, um dia sofrido, porém feliz.

Quando entrei no avião pra voltar, pensei em tudo que eu poderia escrever sobre hoje. Em exaltar a torcida, falar do Andrade, do Maracã, do penta ou hexa, do Bruno, do sofrimento… Mas não.

Eu fico com as palavras da torcida do Mengão, que aos 45 do segundo tempo cantou em coro que “com palavras, não sei dizer…”.

Não tem explicação.

Eu fui a 700 jogos na minha vida, 650 na arquibancada. Diversos times, diversos estádios. Vi finais e mais finais.

Eu nunca vi uma torcida comemorar tanto um gol.

Eu nunca vi uma festa tão bonita.

Eu nunca vi um estádio tão bonito lotado.

Eu nunca vi um time ter tanto medo de ser campeão.

Eu nunca vi uma torcida ter tanto medo do fiasco.

Eu nunca vi um drama tão desnecessário.

Eu nunca vi nada do que eu vi hoje.

Eu nunca vi um gol tão bonito quanto feito.

Eu nunca vi um time jogar tão mal uma decisão.

Eu nunca vi um time ser tão querido por uma nação.

Eu nunca vi uma nação inteira vestida com a mesma roupa.

Eu nunca vi tanta gente feliz junta.

Eu nunca vi tanta paixão num só lugar.

Eu nunca tinha visto.

Hoje eu vi.

Aprendi, ao vivo, a cores e dentro da arquibancada, em pé, passando aperto pra entrar, e no meio da nação, o que é ser Flamenguista.

Eu achava que sabia. Mas não sabia.

Não, eles não são melhores do que os outros. Mas também não são iguais.

Eles são únicos.

Eles amam aquela coisa de uma forma inexplicavel.

E quando eles dizem “sai do chão, sai do chão!”, não é uma musica, é uma ordem.

E se você não sair, eles te tiram.

E se você conseguir, no meio deles, ficar livre de qualquer envolvimento, você é um ET.

Não existe torcida mais bonita.

Não existe relação mais incrível como Flamengo x Rio de Janeiro.

Nunca vi uma cidade vestida com a mesma roupa desde as 8 da manhã de um domingo.

Nunca vi nada parecido com o que eu vi hoje.

Nunca vi tanta gente merecer tanto um título.

Não, não me refiro aos 30 jogadores do elenco. Me refiro aos 35 milhões de eternos jogadores do elenco.

Nação… me desculpem. Eu sei que esperavam um belo texto hoje.

Mas… nada do que eu escreva vai ser mais bonito do que aquilo que vi.

Parabens! Vocês merecem.

Não entendeu? Eu desenho…

abs,
RicaPerrone