Home » Futebol » Botafogo » Renê, o primeiro erro

Renê, o primeiro erro

20121222renesimoesRenê Simões é um desperdício como treinador de futebol.  Desde 1978 insistindo nisso, é o maior case de marketing esportivo da história da sua profissão no país, e ainda assim não passou a dar consultoria na área.

Treinador que tem muita história pra contar, 200 clubes onde já passou, nenhum título conquistado que mereça grande destaque e vive até hoje de feitos pouco comuns, como seleção feminina e Jamaica.

De lá pra ca, de terno, elegante, caga regra, fala bem, e logo é tido pela mídia como um puta especialista.  A real é que Renê se faz parecer um puta especialista.

E talvez até seja. Mas isso não significa que ele consiga treinar um time de futebol. Até hoje, onde vi e acompanhei, o mesmo discurso de que “o clube não se adapta a ele”. Como se ele fosse profissional e bom demais pro futebol brasileiro.

Acho uma mentira bem contada. Tal qual Adilson Batista no Vasco, pra uma série B, até que vai. Mas não é técnico pra time grande.

É diretor de marketing. Aí sim!

Você acha que um cara que reclama da estrutura de todos os clubes do país e acha que não tem “condições de trabalhar” em nenhum deles vai se virar no Botafogo num momento em que o clube não tem como pagar salários?

Eu não acho.

abs,
RicaPerrone

Comentários